Sexta-feira, 23 de Janeiro de 2015
Vendas seguem em alta no segundo dia da Feira da Moda de Gramado Vendas seguem em alta no segundo dia da Feira da Moda de Gramado
Comercialização no evento é importante arrancada para um ano em que maioria dos expositores projeta forte crescimento.

O segundo dia da Feira da Moda de Gramado – que segue até amanhã (22/1), no Serra Park – foi novamente de vendas em alta. Na visão das indústrias do setor de confecções, o bom desempenho logo na abertura do evento, responsável pelas primeiras vendas no ano, é um indicativo de que a produtividade pode crescer, apesar dos prognósticos de estagnação da economia. “Os expositores têm na nossa feira um importante suporte para esse planejamento, garantindo as vendas do começo do ano para manter a produção, enquanto se estruturam para novos desafios”, diz Claudio Goerl, Diretor da Cia das Feiras, promotora do evento.

Em forte crescimento - entre 10 e 15% ao ano - o Grupo Mar Quente, detentor das marcas expositoras Gangster, Dixie e Mosaico, já teve vários modelos esgotados no primeiro dia de negociações. São mais de 1.800 modelos, com de 3 a 5 mil peças por referência. “Estamos tendo um bom movimento e concretizando as vendas esperadas para a feira. Esperamos seguir crescendo dentro da nossa realidade, trabalhando o cenário de cada cliente”, explica o gerente comercial da marca Dixie, Edson Ramos.

Empresa que se caracteriza por importar os seus produtos, a Mooncity vê o cliente cauteloso, mas ainda assim comprando. De acordo com o coordenador comercial, Matheus dos Santos, mesmo diante da anunciada retração de mercado, o ano começou muito bem para a empresa e o desempenho na feira é um destes indicadores. “O nosso estande está sempre cheio, pois temos bons preços, condições de parcelamento e produtos para pronta entrega”, ressalta.

As novidades tem sido um atrativo da Malharia Paniz na feira. Segundo a proprietária da empresa, Adelaide Paniz, mesmo com compras menores, os lojistas seguem reforçando os seus estoques e buscando ter em suas vitrines os principais lançamentos. “Estamos gostando muito do movimento na feira. Gramado privilegia muito a comodidade do cliente, e isso atrai os lojistas”, destaca a empresária.

NORTE E NORDESTE – As indústrias também estão apostando no mercado do Nordeste e do Norte do país para crescer acima da média em 2015. Além das fortes vendas registradas na Feira da Moda de Gramado, as empresas projetam expansão para o Norte do Brasil, buscando um mercado consumidor que cresce acima da média nacional. Uma das expositoras que investe na região é a Torp, fabricante de moda íntima de Juiz de Fora (MG), que historicamente centraliza suas vendas no Sul e Sudeste.

A empresa está estruturando uma rede de representantes para se expandir para a metade Norte do país. As linhas de alta tecnologia e conforto, com tops, calcinhas e cuecas sem costura, estão alavancando o crescimento da empresa, que projeta ambiciosos 30% de crescimento em 2015, depois de já ter crescido 20% em 2014 e 25% em 2013. "Percebemos que, no atual cenário, de orçamentos familiares apertados, o consumidor quer encontrar um produto diferenciado, porém com um preço competitivo. Nossas linhas podem custar até 50% menos do que as poucas opções hoje existentes", diz Carlos Lorenzon, Gerente de Vendas da marca. A empresa produz 900 mil peças/mês.

A FEIRA DA MODA DE GRAMADO - Com horário de funcionamento ampliado, das 9h às 19h, o evento ocorre de 20 a 22 de janeiro de 2015, nos pavilhões do Serra Park, agora totalmente climatizados. Entre os segmentos presentes, estão moda geral, masculino, feminino, infantil, underwear, surfwear, jeans, tricot, acessórios e suplementos. Variedade que faz com que lojistas de diferentes pontos do país apostem na feira para conhecer os principais lançamentos da moda para a estação fria, e também para garantir seus estoques com descontos especiais.

Entre os expositores, estão nomes como Questão de Estilo, Mooncity, Crocker Jeans, Dixie, Gangster, Victor Marcel, Mosaico, Blue Bay, Canatiba, Grupo Beeight, Alpelo, Puccini, Fergus, For You, Tonelli, Ansata, B&G Estilo, Ponto de Arte Tricot, V.R.A. Tricor, Aishty, Dressper e Federal Art.
Fonte: Portal SEGS
Tags: Vendas, Feira da moda, Gramado, Setor de confecções
São Paulo - A Casas 17/09/2014 - Saiba quem são as 13 redes de moda que mais vendem no Brasil
São Paulo – Nos últi22/07/2014 - 20 franquias que buscam empreendedores no interior de SP
São Paulo - Ter uma 11/05/2015 - 30 opções de franquias para trabalhar de casa
São Paulo – Muitos e04/08/2014 - 20 opções de franquias para abrir em casa
São Paulo - Muitos e06/07/2015 - 20 franquias para quem pode investir até 20 mil reais
Os shoppings da Gran05/12/2014 - SP: Shoppings têm horário especial em dezembro para compras de Natal
Texto da Busca:
Data Inicial:
Data Final:
                   
comércio varejo faturamento são paulo comércio eletrônico supermercados vendas economia crédito natal ipi indústria franquias shoppings veículos consumo e-commerce ecommerce preços inadimplência

Notícias | Artigos | Motivação | Cases | Feiras | Links | Newsletter | Cadastre-se | Calendário do Varejo | Twitter | RSS | Fale Conosco
© 2017 Copyright Varejista.com.br. Todos os direitos reservados. - Site: SGP Infront