Quarta-feira, 21 de Janeiro de 2015
Índice da Fecomercio indica fim do ciclo de estoques altos no varejo Índice da Fecomercio indica fim do ciclo de estoques altos no varejo
O Índice de Estoques (IE) calculado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) registrou quedas de 11,8% em janeiro na comparação com o mesmo período do ano passado e de 2,9% ante dezembro, ao passar de 110,6 para 107,4 pontos.

A assessoria econômica da Federação destaca que a nova queda - em dezembro o indicador já havia recuado - se deu por um bom motivo: o aumento da proporção de empresários que disseram ter estoques abaixo do esperado (de 13,8% para 16,3%), acompanhado de pequena redução daqueles que disseram ter estoques acima (30,8% para 29,9%).

"Isso indica que pode ser que o ciclo de estoques altos esteja acabando", afirma Flávio Pina, assessor econômico da FecomercioSP. Ele pondera, no entanto, que é preciso observar se esse processo continua nos próximos meses para confirmar a tendência.

Ele destaca que, em dezembro, a diferença entre os empresários que consideram ter estoques acima e abaixo do adequado ficou em 13,6 pontos, próximo à média de 10 pontos. "Já são dois meses em que a diferença continua diminuindo. Se ela continuar caindo, vamos voltar à média", prevê.

Pina ressalta que o aumento dos empresários que consideram ter estoque abaixo do adequado se deu mesmo com um Natal fraco de vendas, o que demonstra que houve um equilíbrio entre demanda e oferta na principal data do ano para o setor. "Isso mostra que os empresários estavam preparados para esse um período de vendas fracas", diz.

Na avaliação da FecomercioSP, isso indica que não serão necessárias grandes liquidações e queimas de estoque no início deste ano. "As promoções devem ocorrer, mas a necessidade de ajustar estoques será menor do que o previsto", pondera a entidade em nota.

Metodologia

O IE é apurado mensalmente por meio da entrevista com cerca de 600 empresários do comércio na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP), e busca identificar a percepção dos comerciantes sobre a situação estoques. O indicador vai de 0 a 200 pontos, com 0 representando "inadequação total" e 200 "adequação total".
Fonte: Estadão Conteúdo
Tags: Fecomercio sp, Estoques altos, Varejo, Índice de estoques
São Paulo - A Casas 17/09/2014 - Saiba quem são as 13 redes de moda que mais vendem no Brasil
São Paulo – Nos últi22/07/2014 - 20 franquias que buscam empreendedores no interior de SP
São Paulo - Ter uma 11/05/2015 - 30 opções de franquias para trabalhar de casa
São Paulo – Muitos e04/08/2014 - 20 opções de franquias para abrir em casa
São Paulo - Muitos e06/07/2015 - 20 franquias para quem pode investir até 20 mil reais
Os shoppings da Gran05/12/2014 - SP: Shoppings têm horário especial em dezembro para compras de Natal
Texto da Busca:
Data Inicial:
Data Final:
                   
varejo comércio eletrônico vendas inadimplência crédito ecommerce preços indústria ipi comércio franquias natal economia e-commerce supermercados veículos são paulo shoppings faturamento consumo

Notícias | Artigos | Motivação | Cases | Feiras | Links | Newsletter | Cadastre-se | Calendário do Varejo | Twitter | RSS | Fale Conosco
© 2017 Copyright Varejista.com.br. Todos os direitos reservados. - Site: SGP Infront