Quinta-feira, 15 de Janeiro de 2015
Comércio de Ribeirão Preto registra queda de -2,68% nas vendas em dezembro de 2014 Comércio de Ribeirão Preto registra queda de -2,68% nas vendas em dezembro de 2014
As vendas no varejo de Ribeirão Preto tiveram queda de –2,68% em dezembro de 2014 na comparação com o mesmo período do ano anterior. É o que aponta a pesquisa Movimento do Comércio, realizada mensalmente pelo SINCOVARP – Sindicato do Comércio Varejista de Ribeirão Preto e região. Entre as empresas pesquisadas, 57,1% consideraram que venderam menos, enquanto 38,8% declararam o contrário e 4,1% responderam que as vendas nos dois períodos foram equivalentes.

Setorial - Apenas três setores apresentaram vendas positivas: Cine/Foto (+1,86%), Eletrodomésticos (+1,50%) e Livraria/Papelaria (+0,82%). O pior resultado de vendas foi o do setor de Presentes (–7,08%), seguido por Vestuário (–5,84%), Móveis (– 5,70%), Tecidos/Enxoval (–3,81%), Ótica (–3,43%) e Calçados (–2,45%).

Emprego no varejo – Nesse quesito os números foram melhores. O levantamento registrou alta de 1,79% no nível de contratações, resultado esperado para o período. Entre as empresas pesquisadas, 87,8% mantiveram o número de funcionários no último mês de dezembro, enquanto 10,2% admitiram e apenas 2,0% demitiram. O setor que mais contratou, foi o de Calçados (+8,33%), seguido por Vestuário (+5,57%), Presentes (+1,44%), Livraria/Papelaria (+0,46%) e Tecidos/Enxoval (+0,31%).

Modalidade de pagamento - O cartão de crédito manteve sua hegemonia, sendo utilizado em 52,59% das transações realizadas no comércio ribeirão-pretano, no período pesquisado. Em seguida vem a modalidade de pagamento a vista que representou 34,48% do total de vendas. O pagamento a prazo (cheques pré-datados ou carnê) foi responsável por apenas 12,93% das transações concretizadas pelo comércio em dezembro.

O setor com maior concentração de vendas com cartão de crédito foi o de Ótica (69,17% das transações). O setor com a maior concentração de vendas a vista foi o de Livraria/Papelaria (61,67% das transações). E o setor com maior concentração de vendas a prazo foi o de Eletrodomésticos (23,00% das transações).

Análise - Segundo Marcelo Bosi Rodrigues, economista do SINCOVARP e responsável pela pesquisa Movimento do Comércio, o resultado das vendas de dezembro foi um “banho de água fria” para os lojistas que esperavam um Natal com vendas superiores às de 2013.

“Depois de um ano de baixo consumo, as vendas do final do ano vinham esboçando uma recuperação. Parecia que o Natal traria uma grata surpresa o que infelizmente não se concretizou. O fraco volume de vendas está intimamente ligado ao cenário econômico que se apresenta. Isso causa incerteza e engessa o consumo e o investimento em Ribeirão Preto e no resto do país”, finaliza.
Fonte: Divulgação
Tags: Comércio, Ribeirão preto, Vendas
São Paulo - A Casas 17/09/2014 - Saiba quem são as 13 redes de moda que mais vendem no Brasil
São Paulo – Nos últi22/07/2014 - 20 franquias que buscam empreendedores no interior de SP
São Paulo - Ter uma 11/05/2015 - 30 opções de franquias para trabalhar de casa
São Paulo – Muitos e04/08/2014 - 20 opções de franquias para abrir em casa
São Paulo - Muitos e06/07/2015 - 20 franquias para quem pode investir até 20 mil reais
Os shoppings da Gran05/12/2014 - SP: Shoppings têm horário especial em dezembro para compras de Natal
Texto da Busca:
Data Inicial:
Data Final:
                   
economia e-commerce comércio varejo franquias vendas faturamento crédito supermercados preços ecommerce ipi shoppings natal são paulo consumo comércio eletrônico inadimplência indústria veículos

Notícias | Artigos | Motivação | Cases | Feiras | Links | Newsletter | Cadastre-se | Calendário do Varejo | Twitter | RSS | Fale Conosco
© 2017 Copyright Varejista.com.br. Todos os direitos reservados. - Site: SGP Infront