Terça-feira, 07 de Outubro de 2014
17 franquias que faturam mais de 80 mil reais ao mês 17 franquias que faturam mais de 80 mil reais ao mês
São Paulo – Para quem está pensando em investir em franquias, um bom começo é avaliar as informações financeiras do negócio. Peça todos os dados à rede franqueadora e cheque com franqueados atuais a veracidade das informações antes de investir. Um dos indicadores importantes é o faturamento médio mensal de uma unidade e a estimativa de lucratividade. Conheça a seguir redes que têm faturamento de mais de 80 mil reais por unidade.

Anna Pegova

As lojas da marca francesa de cosméticos e tratamentos estéticos têm faturamento médio mensal de até 150 mil reais, com lucratividade de 10% a 20%. O investimento inicial na franquia é de 400 mil reais, com prazo de retorno de até 36 meses, segundo a marca.

Cereja Joias

A rede de joalherias foi criada em 2005 e iniciou a expansão por franquias em 2013. O investimento inicial do negócio é de 219 mil reais, para uma loja com área mínima de 30 metros quadrados e quatro funcionários. O faturamento mensal fica em torno de 100 mil reais, com lucratividade de 20%. Sobre este valor, a rede cobra 3% de taxa de publicidade.

Crepelocks

Uma franquia da marca especializada em crepes exige investimento de 380 mil reais. O faturamento médio é de 120 mil reais, com lucratividade de até 15%. A previsão de retorno do investimento é de 24 a 36 meses. Sobre o faturamento, a rede cobra 5% de royalties e 2% de taxa de publicidade.

Global Study

A rede de agências de viagens de intercâmbio tem unidades em São Paulo e Rio de Janeiro em operação. O investimento inicial é de 80 mil reais, com retorno em até 18 meses. O faturamento médio mensal chega a 100 mil reais, com lucratividade de 23%. A rede exige dois funcionários por unidade.

Duohaus

A franquia de beleza e estética foi criada em 2010. Hoje, uma loja exige investimento inicial de 380 mil reais, com taxa de franquia de 50 mil reais. O faturamento médio mensal é de 95 mil reais, com lucratividade estimada em 18%. O prazo para retorno do investimento é de 24 a 36 meses.

Jorge Bischoff

A rede de franquias de sapatos exige investimento inicial de 410 mil reais. O retorno pode levar de 24 a 48 meses. Hoje, são 56 lojas da marca em operação. O faturamento mensal é de 140 mil reais, com lucratividade mensal de 15%.

Max Sushi

A rede de restaurantes japoneses funciona no modelo self-service e tem sede em Goiânia. Hoje, são 10 unidades em operação. Para começar o negócio, é preciso ter 310 mil reais de investimento. O faturamento médio mensal é de 160 mil reais, com lucratividade de 13% sobre este valor.

Montana Express

A rede de comida rápida Montana Express foi criada em 1994 e começou no franchising em 1997. Uma loja da marca tem investimento inicial de 480 mil reais, com prazo de retorno de até 36 meses. Cada unidade fatura mensalmente cerca de 130 mil reais, com lucratividade média de 15% ao mês.

Mundo Verde

Com mais de 300 lojas em operação, a rede, especializada em produtos naturais, exige investimento de 280 mil reais. O faturamento médio mensal é de 120 mil reais, com lucratividade de 13%. O prazo de retorno do investimento varia de 24 a 36 meses.

Nexar

A loja de aparelhos eletrônicos trabalha com franquias em formato de quiosque ou loja com 60 metros quadrados. O investimento vai de 190 mil a 560 mil reais. Em lojas, o faturamento bruto mensal é de 275 mil reais, com margem líquida projetada de 4% a 8%, já descontados royalties e taxa de publicidade. O retorno do investimento pode levar até 48 meses.

OdontoCompany

A rede de clínicas odontológicas foi criada em 1990 e hoje tem 197 unidades. O investimento inicial vai de 183 mil a 283 mil reais. O faturamento médio bruto fica na faixa dos 100 mil reais, com 25% de lucratividade. São descontados ainda 7% de royalties e 2% de taxa de publicidade do faturamento.

Patroni Pizza

No mercado há mais de 30 anos, a rede de pizzarias tem franquias em 18 estados. Hoje, são mais de 150 unidades em operação. O investimento inicial é de 300 mil reais, com faturamento médio mensal de 105 mil reais e lucratividade de 12%.

Premiatto

A rede de comida rápida entrou para o sistema de franquias em 2003. Uma unidade da marca tem investimento inicial de 455 mil reais. O faturamento médio mensal pode chegar a 115 mil reais, com lucratividade de 10% a 15%. O retorno acontece em até 36 meses.

Quiznos Sub

A rede de sanduíches rápidos foi criada em 1981, nos Estados Unidos, e chegou ao Brasil em 2011. Hoje, são mais de 40 unidades em operação. O investimento inicial vai de 297 mil a 457 mil reais, com retorno esperado para até 36 meses. O faturamento médio mensal é de 80 mil reais, com lucratividade de 15% a 25%.

Sorridents

A franquia de clínicas odontológicas exige investimento de 350 mil reais. As unidades da rede tem faturamento médio mensal de 100 mil reais, com lucratividade de 25%. O retorno do investimento é esperado entre 24 e 36 meses.

Stuppendo

Criada em 1996, a sorveteria abriu sua primeira franquia neste ano. À frente do negócio está o apresentador e chef Edu Guedes. A expansão é operada pela holding SMZTO. O investimento inicial é de 400 mil reais, com retorno a partir de 30 meses de operação. O faturamento médio mensal é de 90 mil reais, com lucratividade de 25%.

Via Mia

A rede de lojas de sapatos e acessórios tem investimento inicial de 630 mil reais, com retorno previsto para até 36 meses. Para lojas de 70 metros quadrados, o faturamento médio é de 180 mil reais ao mês, com lucratividade de 11% a 14%.
Fonte: Exame
Tags: Franquias, Fatuamento, Lucratividade
São Paulo - A Casas 17/09/2014 - Saiba quem são as 13 redes de moda que mais vendem no Brasil
São Paulo – Nos últi22/07/2014 - 20 franquias que buscam empreendedores no interior de SP
São Paulo - Ter uma 11/05/2015 - 30 opções de franquias para trabalhar de casa
São Paulo – Muitos e04/08/2014 - 20 opções de franquias para abrir em casa
São Paulo - Muitos e06/07/2015 - 20 franquias para quem pode investir até 20 mil reais
Os shoppings da Gran05/12/2014 - SP: Shoppings têm horário especial em dezembro para compras de Natal
Texto da Busca:
Data Inicial:
Data Final:
                   
inadimplência varejo veículos comércio comércio eletrônico franquias shoppings faturamento indústria ecommerce e-commerce supermercados crédito são paulo preços vendas consumo economia natal ipi

Notícias | Artigos | Motivação | Cases | Feiras | Links | Newsletter | Cadastre-se | Calendário do Varejo | Twitter | RSS | Fale Conosco
© 2017 Copyright Varejista.com.br. Todos os direitos reservados. - Site: SGP Infront