Segunda-feira, 10 de Julho de 2017
Varejo registra aumento nas vendas de aquecedores no ABC Varejo registra aumento nas vendas de aquecedores no ABC
O inverno teve início no dia 21 de junho, começou ameno, mas as temperaturas baixaram bastante desde o último sábado (1/7). Para esquentar o clima e deixar os ambientes mais amenos as lojas da região apostam na venda de aquecedores e produtos de cama, entre eles, cobertores e edredons.

Com a onda de frio dos últimos dias, as lojas do Coop registraram volume maior de vendas de aquecedores, com alta de 200%, se comparado ao mesmo período do ano passado. Com rede de 30 lojas, sendo 22 na região do ABC, a Coop informa que trabalha com equipamentos da Mondial, marca líder de vendas no País. Os modelos comercializados são os A06, A07, A08 e A09. A rede, porém, não revela os valores do produtos.

Já nas lojas do Walmart, o crescimento também foi bastante considerável, na casa de 133%, desde a última semana. O índice se refere a toda região sudeste, no entanto, de acordo com a assessoria da rede, os números também valem para as lojas da região do ABC. De acordo com as informações a alta crescente na venda do produto ocorreu especialmente nos aparelhos mais econômicos, a partir de R$ 59,90.

Nas lojas de corredores de rua, caso da Cel. Oliveira Lima, em Santo André, a expectativa também é de crescimento nas vendas. Na Nivalmix, a procura pelo aparelho tem aumentado por conta das baixas temperaturas. O gerente da loja, José Edson, acredita que a chegada do inverno acaba sendo importante para a comercialização do produto.

“Acredito que nesse período de inverno teremos um aporte nas vendas de até 20% em relação ao mês anterior”, afirma Edson. Na loja é possível encontrar modelos mais em conta, como o aquecedor da Cadence (termoventilador,) por R$ 79,90, como o da Britânia a óleo, de 1500w, que sai por R$ 319,90.

O morador de Santo André, William Chan, esteve na loja interessado em comprar o produto que funciona à base de óleo. “Prefiro esse modelo, os de resistência têm lâmpadas que atrapalham, muita claridade. Na verdade estou fazendo cotação, mas preciso comprar para a minha mãe”, afirma.

Na loja Ponto Frio, também na Oliveira Lima, o gerente do espaço disse que as vendas do produto ainda estão em baixa, mas a tendência é que o estoque seja zerado no decorrer do inverno. “O cliente pode demorar um pouco, mas acaba vindo comprar. Acredito que as vendas serão 15% melhores em relação ao ano passado”, afirma Claudemir Sila.

Artigos de cama
Outro segmento muito procurado quando as temperaturas estão mais baixas são as lojas de cama, mesa e banho. A Tecelagem Santa Vitória, na rua Marechal Deodoro, em São Bernardo, uma empresa de tradição familiar, garante que o comércio de cobertores e edredons costuma ser bom no período entre maio e agosto.

“O pico mesmo é julho, as vendas acabam sendo mais relevantes. Acredito que fecharemos o mês como vendas até 30% superiores a um mês normal”, ressalta Raquel Pelosini, responsável pela parte administrativa. No local é possível encontrar cobertor/manta importado por R$ 100,00 ou cobertor king de boa qualidade da Corttex que custa R$ 360,00.

Na Empório do Lençol, na rua Cel. Fernando Prestes, em Santo André, a projeção de vendas é mais comedida, por conta do frio ter chegado mais tarde esse ano. Mesmo assim, com as temperaturas mais baixas na última semana, o volume de vendas acabou sendo um pouco mais elevado. “A situação econômica está difícil, o consumo caiu. Creio que vamos fechar o inverno desse ano em queda de até 15%. Em agosto já começa a liquidação de inverno”, destaca Alex Cortelaso, diretor comercial.

Fonte: https://www.reporterdiario.com.br/noticia/2373744/
Tags: Varejo, Vendas, Vendas varejo, Varejista
São Paulo - A Casas 17/09/2014 - Saiba quem são as 13 redes de moda que mais vendem no Brasil
São Paulo – Nos últi22/07/2014 - 20 franquias que buscam empreendedores no interior de SP
São Paulo - Ter uma 11/05/2015 - 30 opções de franquias para trabalhar de casa
São Paulo – Muitos e04/08/2014 - 20 opções de franquias para abrir em casa
São Paulo - Muitos e06/07/2015 - 20 franquias para quem pode investir até 20 mil reais
Os shoppings da Gran05/12/2014 - SP: Shoppings têm horário especial em dezembro para compras de Natal
Texto da Busca:
Data Inicial:
Data Final:
                   
economia vendas crédito natal consumo varejo faturamento comércio franquias indústria ecommerce supermercados comércio eletrônico e-commerce ipi preços inadimplência são paulo veículos shoppings

Notícias | Artigos | Motivação | Cases | Feiras | Links | Newsletter | Cadastre-se | Calendário do Varejo | Twitter | RSS | Fale Conosco
© 2017 Copyright Varejista.com.br. Todos os direitos reservados. - Site: SGP Infront