Quarta-feira, 03 de Maio de 2017
Dia das Mães: varejo baiano espera rever perdas com descontos de até 70% Dia das Mães: varejo baiano espera rever perdas com descontos de até 70%
De olho na recuperação das vendas impactadas pelo número de feriados em abril, o varejo está apostando todas as fichas no Dia das Mães. E a disputa pela preferência promete. Isto porque, de acordo com o Sindicato dos Lojistas (Sindilojas), para alcançar essa recuperação e vencer a cautela do consumidor em gastar, o comércio promete descontos que podem passar de 50%.

O comerciante vai fazer de tudo para não deixar mãe nenhuma sem presente, nem que seja uma lembrancinha. “A semana forte começa a partir de agora. Com a oferta dessa faixa de desconto, o comércio vai conseguir estimular a venda à vista, então o lojista vai mexer na sua margem de lucro se quiser vencer a cautela do consumidor”, diz o presidente da entidade, Paulo Mota.

Shoppings apostam em eventos e no sorteio de prêmios para atrair o consumidor

Na data, que é considerada a segunda melhor do ano e só perde para o Natal, as estratégias estão voltadas não só para agradar as mães, mas, principalmente, o bolso dos filhos. Ainda de acordo com Mota, o ticket médio não deve passar dos R$ 100. “Ninguém deixa de comparar presente para a mãe, pode não comprar para um pai ou uma namorada, mas agradar a mãe nenhum filho abre mão”, acrescenta.

No entanto, o CORREIO foi mais longe no garimpo e conseguiu opções de presentes com descontos de até 70%. Os vestidos na loja Feranda, localizada no Shopping Paralela, que custavam R$ 169, caíram para R$ 69. Em outras lojas, como a Eggo Shoes do Shopping Bela Vista, o preço das plataformas está com redução de 55%. Os calçados, que antes saíam por R$ 159, custam agora R$ 69,99.

A fim de aumentar o ticket, outros estabelecimentos apostaram em brindes. Na Dress To, a cada R$ 400 em compras, o cliente ganha um desconto de R$ 100 na próxima compra, que pode ser feita até o penúltimo dia do mês, enquanto na Arezzo as compras acima de R$ 699 garantem uma sapatilha de brinde. “Já que somos do segmento feminino, queremos dar algo a mais para quem já compra com a gente, por isso a ideia da sapatilha”, afirma a gerente da unidade Arezzo do Shopping Bela Vista, Rafaela Maria.

Vendas

A expectativa da Câmara de Lojistas de Salvador (CDL Salvador) é que esse incremento nas vendas represente um aumento de 20% em relação ao mês de abril e aumento de 5% em relação ao mesmo período do ano passado.

“Queremos aproveitar para retomar o crescimento e compensar o recalque dos feriados em maio e é o Dia das Mães que tem a força para segurar essas vendas”, avalia o presidente da Câmara de Lojistas de Salvador, Alberto Nunes.

Se depender dos filhos, para alcançar esse crescimento, o comércio vai ter mesmo que oferecer boas ofertas e preço em conta. A estudante Fernanda Siqueira está à procura de uma batedeira e tem pesquisado bastante o melhor preço, já que pretende pagar à vista. “Vi minha mãe comentando que gostaria de ganhar uma batedeira e aí vou investir”, garante ela.

Bruno Campos é mais um que vai adequar o presente ao bolso e optar pelo pagamento à vista. “Eu planejava dar a ela uma máquina de lavar roupas, mas devido os preços altos que encontrei vai deixar para outro momento. R$ 100 é o máximo que eu pretendo gastar e vai ser tudo à vista, pois não quero me endividar”.

Segundo o educador financeiro Angelo Costa, tanto Bruno quanto Fernanda estão certos em preferir comprar o presente sem ter que dividir no cartão. “Mãe nenhuma vai querer ver filho endividado, por mais que a gente queira agradá-la. Não dá para assumir uma prestação maior do que a capacidade de pagar”, aconselha. Se a ideia é dar um presente mais caro, o ideal é que os filhos dividam o valor. “O presente coletivo vai amenizar o custo da compra para todo mundo”.
Fonte: Correio 24 Horas
Tags: Dia das mães, Varejo, Bahia, Vendas, Descontos
São Paulo - A Casas 17/09/2014 - Saiba quem são as 13 redes de moda que mais vendem no Brasil
São Paulo – Nos últi22/07/2014 - 20 franquias que buscam empreendedores no interior de SP
São Paulo - Ter uma 11/05/2015 - 30 opções de franquias para trabalhar de casa
São Paulo – Muitos e04/08/2014 - 20 opções de franquias para abrir em casa
São Paulo - Muitos e06/07/2015 - 20 franquias para quem pode investir até 20 mil reais
Os shoppings da Gran05/12/2014 - SP: Shoppings têm horário especial em dezembro para compras de Natal
Texto da Busca:
Data Inicial:
Data Final:
                   
comércio eletrônico vendas indústria veículos e-commerce supermercados comércio inadimplência preços varejo shoppings crédito economia consumo franquias natal ecommerce faturamento são paulo ipi

Notícias | Artigos | Motivação | Cases | Feiras | Links | Newsletter | Cadastre-se | Calendário do Varejo | Twitter | RSS | Fale Conosco
© 2017 Copyright Varejista.com.br. Todos os direitos reservados. - Site: SGP Infront