Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2017
Atendimento online ruim afasta clientes, mostra pesquisa Atendimento online ruim afasta clientes, mostra pesquisa
Se o atendimento ruim em uma loja física já afastava clientes, as falhas em atendimento online do e-commerce podem ser um desastre para qualquer marca. Segundo uma pesquisa realizada pelo instituto Ovum por encomenda da LogMeIn, o problema pode ter consequências catastróficas: 82% do entrevistados disseram ter abandonado uma marca online por causa de uma única experiência ruim.

Segundo a pesquisa, o atendimento é a etapa que concentra a maior parte das expectativas dos clientes quanto à experiência ideal de relacionamento com qualquer marca. Por conta disso, 78% dos entrevistados disseram que trocariam o atendimento via telefone por outro canal de comunicação se soubessem que teriam um problema resolvido na primeira tentativa. E 33% deles declararam sua frustração, afirmando que detectaram piora nos recursos dos sistemas de autosserviço.

Para a LogMeIn, dona da ferramenta BoldChat, que permite assistência aos clientes online via Chat, a resposta dos consumidores, combinada com o crescimento exponencial das vendas via e-commerce, sinaliza que o canal de atendimento via Chat em qualquer website é fundamental, já que a ferramenta permite atendimento multicanal que dá aos clientes o nível de agilidade que estão buscando.

“O cliente de uma loja virtual muitas vezes se sente desamparado e um canal de comunicação rápido e fácil, direto com a empresa, tem o poder de elevar a experiência do cliente para um outro nível”, diz Gustavo Boyde, gerente de marketing da LogMeIn para a América Latina.

“Os recursos de atendimento multicanal deixam que as interações sejam feitas da forma escolhida pelo cliente: desde o autoatendimento até o suporte individual personalizado, independente do dispositivo utilizado ou canal de atendimento escolhido. Até por que 60% de consumidores querem acesso mais fácil aos canais de suporte na Web, entre eles mídias sociais, comunidades e, principalmente, o chat ao vivo”, aponta Boyde.
Fonte: IDG NOW!
Tags: Atendimento online, Ecommerce
São Paulo - A Casas 17/09/2014 - Saiba quem são as 13 redes de moda que mais vendem no Brasil
São Paulo – Nos últi22/07/2014 - 20 franquias que buscam empreendedores no interior de SP
São Paulo - Ter uma 11/05/2015 - 30 opções de franquias para trabalhar de casa
São Paulo – Muitos e04/08/2014 - 20 opções de franquias para abrir em casa
São Paulo - Muitos e06/07/2015 - 20 franquias para quem pode investir até 20 mil reais
Os shoppings da Gran05/12/2014 - SP: Shoppings têm horário especial em dezembro para compras de Natal
Texto da Busca:
Data Inicial:
Data Final:
                   
supermercados varejo ecommerce indústria e-commerce consumo shoppings crédito são paulo comércio eletrônico natal faturamento vendas veículos comércio preços inadimplência economia franquias ipi

Notícias | Artigos | Motivação | Cases | Feiras | Links | Newsletter | Cadastre-se | Calendário do Varejo | Twitter | RSS | Fale Conosco
© 2017 Copyright Varejista.com.br. Todos os direitos reservados. - Site: SGP Infront