Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2017
Brasil cresce nas exportações de tecnologia para couro e calçados Brasil cresce nas exportações de tecnologia para couro e calçados
O Brasil se destaca no cenário internacional como fabricante de máquinas e equipamentos para couro e calçados. E a presença no mercado externo cresceu em 2016, com ênfase para a América Latina. As exportações do setor totalizaram US$ 18,3 milhões no ano passado, o que representa incremento de 4,5% na comparação com 2015.

Os maiores compradores foram Argentina e México, tradicionais clientes do Brasil, mas a tecnologia brasileira teve como destino 38 países, que adquiriram 148 produtos diferentes, fornecidos por 50 empresas brasileiras.

Cristiane Stoffel (foto), diretora executiva da Associação Brasileira das Indústrias de Máquinas para Couro e Calçados (Abrameq), destaca que “2016 foi um ano de desafios para as indústrias de um modo geral e não foi diferente para as nossas indústrias de máquinas”. Por outro lado, a dirigente da entidade observa que “neste ano o câmbio contribuiu para as exportações, o que fez com que a Abrameq se dedicasse ainda mais na promoção comercial da indústria de máquinas brasileiras no mercado externo, resultando num incremento das receitas de exportação de nossos associados”.

“A participação das nossas empresas associadas nas iniciativas que desenvolvemos foi fundamental para este resultado”, sublinha Cristiane, que salienta a importância decisiva de instituições parceiras, como a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (AGDI).

Para 2017, a diretora executiva da Abrameq estima que “o cenário para as exportações se mantenha favorável e que o mercado interno comece a apresentar recuperação”. Para que neste ano os resultados sejam bons, o gestor de projetos da entidade, Vinícius Fonte,relata que “seguimos com muitas ações de promoção comercial. Em fevereiro, ocorrerão duas ações, uma na Colômbia mostrando neste mercado todos os diferenciais existentes nos nossos produtos brasileiros e, outra, no mercado interno, no polo de Birigui (SP), onde será realizada feira de máquinas da Abrameq, expondo estes diferenciais às indústrias calçadistas desta região”.

O gestor adiciona que, em março, nossos esforços serão para a Fimec, maior feira do setor de máquinas, que será realizada de 14 a 16 de março, em Novo Hamburgo (RS). Nesta feira, comenta Vinícius, “esperamos ótimo resultado. Além das ações tradicionais nesta feira, a Abrameq estará realizando atividades inovadoras, visando potencializar bons resultados de vendas para nossas empresas”.
Fonte: Jornal do Brasil
Tags: Exportações, Tecnologia, Couro, Calçados, Indústria
São Paulo - A Casas 17/09/2014 - Saiba quem são as 13 redes de moda que mais vendem no Brasil
São Paulo – Nos últi22/07/2014 - 20 franquias que buscam empreendedores no interior de SP
São Paulo - Ter uma 11/05/2015 - 30 opções de franquias para trabalhar de casa
São Paulo – Muitos e04/08/2014 - 20 opções de franquias para abrir em casa
São Paulo - Muitos e06/07/2015 - 20 franquias para quem pode investir até 20 mil reais
Os shoppings da Gran05/12/2014 - SP: Shoppings têm horário especial em dezembro para compras de Natal
Texto da Busca:
Data Inicial:
Data Final:
                   
veículos ipi natal franquias e-commerce economia ecommerce varejo supermercados consumo crédito inadimplência são paulo faturamento comércio shoppings preços vendas indústria comércio eletrônico

Notícias | Artigos | Motivação | Cases | Feiras | Links | Newsletter | Cadastre-se | Calendário do Varejo | Twitter | RSS | Fale Conosco
© 2017 Copyright Varejista.com.br. Todos os direitos reservados. - Site: SGP Infront