Terça-feira, 22 de Novembro de 2016
62% dos consumidores da Black Friday 2016 serão Millennials 62% dos consumidores da Black Friday 2016 serão Millennials
São Paulo, novembro de 2016 – Os Millennials - pessoas nascidas entre o início dos anos 80 até meados da década de 90 – devem ser o principal público comprador Black Friday deste ano, segundo levantamento realizado pelo BlackFriday.com.br, idealizador do evento no Brasil. De acordo com a pesquisa, realizada com 3.500 internautas em outubro, 62% dos entrevistados pertencem à faixa etária de 18 a 34 anos.

O estudo também identificou que compradores mais velhos aproveitarão a data para adquirir novos produtos, mas em menor escala. Segundo o mapeamento, usuários com idade de 35 a 44 anos representarão 22%, 45 a 64 anos 15% e mais de 65 anos apenas 1%. Entre todas as gerações pesquisadas, 61% são homens e 39% mulheres.

Atentos a esses números, a BlackFriday.com.br e a Smarkio - empresa que oferece um serviço inovador de consulta e compra de produtos, promoções e cupons via chat em redes sociais – prepararam uma novidade para os usuários do Facebook, que receberão ofertas pelo Messenger por meio de um robô. “A geração Millennials é mais conectada do que as anteriores X e Baby Boomers, e isso ajuda a impulsionar as vendas no comércio eletrônico e novas datas promocionais, como a Black Friday no Brasil. Para este ano disponibilizaremos o primeiro chat do país especializado em busca de produtos”, informa Ricardo Bove, diretor da BlackFriday.com.br.

Para a Black Friday 2016, de acordo com o levantamento, as categorias mais desejadas pelo público são: smartphones (48%), eletrodomésticos (25%), TV e vídeo (26%), informática e tablets (28%), eletroportáteis (18%), moda (18%), games (17%), livros e papelarias (15%). “Já era esperada a tendência de busca por itens de tecnologia, como celulares e games, uma vez que o Brasil sofreu com a recessão e com a alta do dólar durante o ano. Esses fatores tiveram impacto no preço desses tipos de produtos”, afirma Bove.

O estudo revela ainda que 95% dos consumidores entrevistados pretendem comprar na Black Friday deste ano e 91% das pessoas indicariam o evento para amigos ou parentes. Esse dado é uma resposta positiva às reclamações em edições anteriores. “O aumento crescente no volume de vendas e a diminuição de queixas demonstra maturidade por parte dos lojistas e um aumento da confiança dos consumidores em comprar nesta edição”, considera Ricardo Bove.

“Devido a crise, os consumidores seguraram as compras, principalmente daqueles produtos de maior valor, exatamente as mercadorias de grande destaque na Black Friday, o que ajudara a impulsionar as vendas este ano”, acrescenta o diretor da BlackFriday.com.br.

A data está amadurecendo no País e ano a ano ganha mais consumidores para o dia. De acordo com a pesquisa, 72% dos entrevistados compraram nas edições anteriores. Para 79% dos entrevistados, a experiência de compra na Black Friday foi “ótima” ou “boa”, enquanto 16% consideraram “regular” e “ruim” para apenas 4%.

A expectativa deste ano é movimentar mais de R$ 2 bilhões e crescer 34% a mais do que 2015. Entre as lojas confirmadas para o evento estão grandes varejistas e marcas, como Americanas, Azul, Hotel Urbano, Natura, Walmart, CVC, Nike, Quantum, Submarino, Motorola, Shoptime, Trocafone, Dafiti, Hering, Kanui, Marisa, Passarela, Saraiva e Tricae.
Fonte: Divulgação
Tags: Black friday, Consumo, Millennials
São Paulo - A Casas 17/09/2014 - Saiba quem são as 13 redes de moda que mais vendem no Brasil
São Paulo – Nos últi22/07/2014 - 20 franquias que buscam empreendedores no interior de SP
São Paulo - Ter uma 11/05/2015 - 30 opções de franquias para trabalhar de casa
São Paulo – Muitos e04/08/2014 - 20 opções de franquias para abrir em casa
São Paulo - Muitos e06/07/2015 - 20 franquias para quem pode investir até 20 mil reais
Os shoppings da Gran05/12/2014 - SP: Shoppings têm horário especial em dezembro para compras de Natal
Texto da Busca:
Data Inicial:
Data Final:
                   
supermercados shoppings faturamento e-commerce indústria ipi preços comércio veículos varejo são paulo comércio eletrônico franquias consumo ecommerce vendas economia crédito inadimplência natal

Notícias | Artigos | Motivação | Cases | Feiras | Links | Newsletter | Cadastre-se | Calendário do Varejo | Twitter | RSS | Fale Conosco
© 2017 Copyright Varejista.com.br. Todos os direitos reservados. - Site: SGP Infront