Quinta-feira, 25 de Agosto de 2016
Fábrica de Bolo Vó Alzira tem hoje 190 franquias e vai para os EUA Fábrica de Bolo Vó Alzira tem hoje 190 franquias e vai para os EUA
Um bolo caseiro vendido em fatias no bar de um amigo, no centro do Rio de Janeiro, foi a receita que Alzira Ramos achou para ajudar no orçamento da casa, em 2007. Ali surgia o negócio da família: a rede Fábrica de Bolo Vó Alzira.

O negócio cresceu aos poucos, vendendo bolos em bares, lanchonetes e restaurantes. Em 2010, a antiga mercearia da família foi transformada em fábrica de bolos, e o cheiro logo atraiu a clientela. No ano seguinte, veio a segunda loja.

Em 2014, com o lançamento da franquia, a produção migrou para uma cozinha industrial que faz 600 mil bolos por mês. Hoje, aos 69 anos e com dois netos, "Vó Alzira" tem seu nome na fachada de 190 lojas –140 delas só no Estado do Rio.

Agora, se prepara para ir mais longe: pretende inaugurar uma loja em Boca Raton, na Flórida (EUA), no começo de 2017.

Muffins e cookies para americanos

O novo negócio, porém, não deve seguir a receita de sucesso usada no Brasil. A ideia é adaptar os produtos ao gosto americano e vender muffins, cupcakes, cookies e algumas opções de pães. Para isso, a família está desenvolvendo uma nova marca, ainda sem nome. O investimento previsto na empreitada não foi divulgado.

"Vai ser uma loja de doces para americanos, e não para brasileiros que vivem nos EUA", afirma Alexandre Martins, 33. Apesar de o negócio original ter o nome e as receitas de sua mãe, é ele quem comanda as operações. Dona Alzira supervisiona as lojas franqueadas e cuida do desenvolvimento dos produtos.

No Brasil, são vendidos mais de 25 sabores de bolos caseiros e o carro-chefe são os de laranja, abacaxi com coco e nozes, que custam entre R$ 12 (mini) e R$ 28 (grande). A empresa também está investindo em uma linha de bolos de festa, mais elaborados.

Franquia custa R$ 105 mil

O investimento inicial para uma unidade é a partir de R$ 105 mil, com custos de instalação, taxa de franquia e capital de giro. O faturamento médio mensal é de R$ 60 mil, com lucro de R$ 9.000. O retorno do investimento é previsto a partir de 12 meses. Os dados foram fornecidos pela empresa.

O marido de dona Alzira, Claudio Ramos, 67, também é atuante no negócio da família. Foi ele quem desenvolveu a mistura em pó que serve de base para os bolos da rede.

"O produto chega 80% pronto aos franqueados. Eles só precisam adicionar os ingredientes úmidos, como ovos e leite, e assar os bolos. Assim, conseguimos controlar a qualidade, pois escolhemos as melhores matérias-primas", diz Martins.

Internacionalizar é começar do zero

Apesar de ter muitas franquias em pouco tempo, ainda é cedo para dizer que a empresa é uma franqueadora de sucesso, segundo o consultor especializado em franquias Luis Stockler, da BaStockler. Ele diz que o segmento é muito competitivo.

"Eles podem ser bons em vender franquias, mas muitos desses franqueados ainda estão se estabelecendo. É necessário esperar alguns anos para dizer se a rede terá vida longa. Este deveria ser o foco do desenvolvimento do negócio", diz ele.

Ele diz que abrir uma empresa em outro país é um negócio totalmente novo, pois os hábitos de consumo são diferentes, assim como os ingredientes, o equipamento, a mão-de-obra e as leis.

"Não dá para aproveitar a experiência adquirida no Brasil em um negócio no exterior, principalmente no ramo de alimentação. O ideal é ter uma consultoria ou um sócio local", declara.
Fonte: UOL
Tags: Bolos, Franquias, Bolo caseiro, Bolo vó alzira, Negócios, Empreendedorismo
São Paulo - A Casas 17/09/2014 - Saiba quem são as 13 redes de moda que mais vendem no Brasil
São Paulo – Nos últi22/07/2014 - 20 franquias que buscam empreendedores no interior de SP
São Paulo - Ter uma 11/05/2015 - 30 opções de franquias para trabalhar de casa
São Paulo – Muitos e04/08/2014 - 20 opções de franquias para abrir em casa
São Paulo - Muitos e06/07/2015 - 20 franquias para quem pode investir até 20 mil reais
Os shoppings da Gran05/12/2014 - SP: Shoppings têm horário especial em dezembro para compras de Natal
Texto da Busca:
Data Inicial:
Data Final:
                   
natal consumo varejo preços franquias economia comércio eletrônico ecommerce vendas comércio e-commerce são paulo supermercados veículos crédito indústria faturamento ipi inadimplência shoppings

Notícias | Artigos | Motivação | Cases | Feiras | Links | Newsletter | Cadastre-se | Calendário do Varejo | Twitter | RSS | Fale Conosco
© 2017 Copyright Varejista.com.br. Todos os direitos reservados. - Site: SGP Infront