Quarta-feira, 27 de Julho de 2016
PE aumenta em 15% número de franquias e já conta com quase 4 mil PE aumenta em 15% número de franquias e já conta com quase 4 mil
Mesmo em época de crise na economia, em que muitos setores amargam índices negativos de crescimento, um deles não para de crescer: o das empresas de franquias. Bons ventos sopram nesse segmento no Brasil, onde o faturamento aumentou em 9% no primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. Em 2015, as franquias faturaram R$ 4 bilhões em Pernambuco, que tem 69 redes franqueadoras, que se multiplicam nas mãos de vários donos.

Com 3.982 empresas franqueadas, 15% a mais do que em 2015, Pernambuco é o segundo estado do Nordeste e o oitavo do país em número de franquias. A área tem atraído os investimentos de quem perdeu o emprego e resolve utilizar o dinheiro da rescisão do trabalho para empreender. Mas, para fortalecer o empreendimento e garantir o sucesso do negócio, ter uma marca conhecida por si só não é suficiente: a presença efetiva do dono e a realização de treinamentos são ações igualmente importantes.

Após ter sido demitido da empresa onde trabalhava, o empresário Eduardo Von Sohsten abriu, na Paraíba, duas franquias de uma marca de cosméticos que já soma 57 lojas próprias em Pernambuco e sete unidades franqueadas em Petrolina, João Pessoa, Aracaju e Salvador. As lojas foram inauguradas no início de julho, e os resultados já superam as expectativas, de acordo com o empreendedor.

"Fizemos algumas simulações em um cenário pessimista, otimista e real. Ainda não chegamos ao final do mês de julho, mas a realização desse faturamento está 135% a mais do que imaginamos. O projeto inicial é ter cinco pontos de venda e, no ano que vem, fazer toda a expansão pelo interior", conta Von Sohsten.

Depois de uma reestruturação na multinacional onde trabalhava por oito anos, Adriano Trajano decidiu investir o dinheiro da rescisão em um novo projeto: uma franquia de lavagem ecológica de carros. De consultor, ele virou empresário e diz que a experiência tem sido proveitosa. Em um ano, o faturamento subiu 30%.

"O diferencial foi estar dentro do negócio para poder conversar com o cliente, conhecer o dia a dia e a rotina para traduzir isso em vendas. O faturamento vem aumentando mês a mês. Lógico que existe a sazonalidade no négócio da gente devido ao período de chuvas, quando dá uma queda, mas, tirando isso, é só crescimento mesmo", ressalta Trajano.

O diretor regional da Associação Brasileira de Franchising, Leonardo Lamartine, lista alguns cuidados importantes ao empreender na área de franquias. "Escolher que setor vai trabalhar, identificar que marca franqueadora vai buscar e pedir um documento legal chamado Circular de Oferta de Franquia, onde tem todos os detalhes, quanto tempo precisa se dedicar àquele negócio, como é a escolha de ponto e como são as taxas que as franqueadoras cobram, além de ligar para os franqueados daquela rede e perguntar se eles estão satisfeitos para você eleger uma marca franqueadora para empreender", ensina.

Lamartine destaca quais as áreas de empresas franqueadas estão crescendo mais neste ano. "Os maiores segmentos de franquia são de alimentação, esporte, saúde e beleza. Um setor que tem se destacado é o de reparo de veículos. Pela queda do mercado de veículos novos, as pessoas estão mantendo os seus antigos", explica.
Fonte: G1 PE
Tags: Pernambuco, Franquias
São Paulo - A Casas 17/09/2014 - Saiba quem são as 13 redes de moda que mais vendem no Brasil
São Paulo – Nos últi22/07/2014 - 20 franquias que buscam empreendedores no interior de SP
São Paulo - Ter uma 11/05/2015 - 30 opções de franquias para trabalhar de casa
São Paulo – Muitos e04/08/2014 - 20 opções de franquias para abrir em casa
São Paulo - Muitos e06/07/2015 - 20 franquias para quem pode investir até 20 mil reais
Os shoppings da Gran05/12/2014 - SP: Shoppings têm horário especial em dezembro para compras de Natal
Texto da Busca:
Data Inicial:
Data Final:
                   
veículos inadimplência indústria supermercados faturamento ipi ecommerce franquias são paulo varejo comércio comércio eletrônico economia natal shoppings e-commerce preços crédito consumo vendas

Notícias | Artigos | Motivação | Cases | Feiras | Links | Newsletter | Cadastre-se | Calendário do Varejo | Twitter | RSS | Fale Conosco
© 2017 Copyright Varejista.com.br. Todos os direitos reservados. - Site: SGP Infront