Segunda-feira, 18 de Julho de 2016
20 franquias que buscam franqueados no Nordeste 20 franquias que buscam franqueados no Nordeste
São Paulo – O Nordeste é uma das regiões mais populosas do país e local de muitas oportunidades de negócios. Com a crise econômica abalando o mercado no Sudeste, muitas redes de franquia têm buscado focar seus planos de expansão por lá.

Para algumas marcas, o desempenho das lojas na região está acima da média do restante do país neste momento de recessão. Outro ponto que atrai muitas redes para lá é o fato de ser um mercado menos saturado que o de grandes cidades como São Paulo e Rio de Janeiro.

O foco das redes é principalmente nas capitais dos estados nordestinos, com destaque para Pernambuco, Bahia e Ceará.

1 – KoalaCar – 2.990 reais

A KoalaCar é uma rede de franquias que faz higienização de carros, sem uso de água. A marca está no mercado desde o ano passado e tem 12 unidades até agora, sendo uma no Nordeste, em Maceió.

A rede aposta que seu formato enxuto, que permite que o franqueado seja MEI (Microempreendedor Individual) atraia mais interessados na região. O faturamento médio mensal de uma franquia é de 5 mil reais, sendo a lucratividade de 30%.

Investimento inicial: 2.990 reais
Prazo de retorno: De 3 a 6 meses

2 – Encontre Sua Viagem – 3 mil reais

A Encontre Sua Viagem é uma rede de agências de viagens que vende passagens aéreas, pacotes, cruzeiros, dentre outros produtos. A rede está no mercado há 2011 e tem 500 unidades pelo país, sendo 90 no Nordeste. Na avaliação da marca, a região tem potencial para dobrar sua representação nos números da rede e é muito representativa no setor de turismo no Brasil.

O faturamento médio de uma unidade é de 50 mil reais por mês e a lucratividade é de 12%.

Investimento inicial: A partir de 3 mil reais (home office)
Prazo de retorno: De 3 a 12 meses

3 – Elefante Verde – 16,5 mil reais

A Elefante Verde é uma rede de franquias de marketing digital que ajuda pequenos empreendedores a venderem seus produtos pela internet. A ideia dos criadores consiste em democratizar o marketing digital oferecendo um valor popular aos clientes.

A marca está no mercado desde 2011 e possui 52 unidades espalhadas pelo país, sendo oito no Nordeste. Na visão da Elefante Verde, a crise econômica chegou com menos intensidade na região. O franqueado com melhor desempenho dentro da rede, é o de Recife, por exemplo. O faturamento médio de uma franquia da Elefante Verde vai de 10 mil reais a 15 mil reais, dependendo do modelo adotado. A lucratividade fica entre 60% e 75%.

Investimento inicial: De 16,5 mil reais (modelo light, para cidades com até 75 mil habitantes) a 29 mil reais (modelo tradicional, para cidades com até 200 mil habitantes).
Prazo de retorno: De 6 a 24 meses

4 – Mr. Kids - 18.500 reais

A Mr. Kids é uma rede de franquias de maquinas de brinquedos, balas e doces. A rede está no mercado desde 2012 e tem hoje 130 unidades no país, sendo 17 no Nordeste. A marca tem intenção de expandir por lá, visto que é uma região com grande fluxo turístico.

O faturamento médio mensal de uma unidade varia bastante e vai de 2.400 reais a 50 mil reais, dependendo do número de máquinas adquiridas pelo franqueado. A lucratividade vai de 35% a 40%.

Investimento inicial: 18.500 reais
Prazo de retorno: De 15 a 18 meses

5 – Pingu’ English – 30 mil reais

A Pingu’s English é uma rede que oferece aulas de inglês para crianças de três a oito anos. A rede está no mercado brasileiro desde o ano passado e possui cinco franquias em operação, além de 18 contratos já fechados.

Por enquanto, a Pingu’s English tem uma unidade no Nordeste, baseada em Recife. A expectativa da marca é chegar a 50 unidades na região. O faturamento médio mensal de uma unidade vai de 15 mil reais a 40 mil reais, dependendo do modelo de negócio escolhido. A lucratividade vai de 30% a 40%.

Investimento inicial: De 30 mil a 100 mil reais, dependendo do modelo escolhido
Prazo de retorno: De 12 a 24 meses

6 – Doctor Frio – 45 mil reais

A Doctor Frio é uma rede de franquias especializada em instalação, manutenção e higienização de aparelhos de ar-condicionado. A marca está no mercado desde 1995 e entrou para o franchising em 2014. Hoje possui 22 unidades, sendo quatro no Nordeste.

Para a marca , a região tem grande potencial, devido às altas temperaturas. A expectativa é abrir mais cinco unidades até o fim do ano. O faturamento médio mensal de uma unidade vai de 35 mil reais a 60 mil reais, e a lucratividade fica em torno de 15 mil reais.

Investimento inicial: De 45 mil reais 90 mil reais
Prazo de retorno: De 12 a 18 meses

7 – Coxinha du Chef – 79,9 mil reais

A Cozinha du Chef é uma rede de franquias que vende o tradicional salgadinho brasileiro. A rede está no mercado desde 2013 e tem 27 unidades no país (cinco delas serão inauguradas neste mês).

Atualmente, a Cozinha du Chef tem quatro unidades no Nordeste do país e mais duas que serão inauguradas em breve. O plano da marca é abrir mais cinco lojas na região. O faturamento médio de uma unidade é de 35 mil reais, e a lucratividade fica em entre 15% e 18%.

Investimento inicial: 79,9 mil reais (incluindo capital de giro)
Prazo de retorno: 24 a 30 meses

8 – Mineiro Delivery – 105 mil reais

A Mineiro Delivery oferece delivery de comida mineira in box. A rede está no mercado desde 2012 e tem hoje 30 unidades pelo Brasil, sendo seis no Nordeste. Segundo a marca, o produto tem sido bem aceito na região, e a expectativa é chegar a 20 unidades por lá nos próximos cinco anos.

O faturamento médio mensal de uma loja é de 60 mil reais, e o lucro médio fica em 15 mil reais.

Investimento inicial: 105 mil reais
Prazo de retorno: De 12 a 18 meses

9 – Arranjos Express – 120 mil reais

A Arranjos Express é uma rede de franquias que faz ajustes customizações em peças de roupa. A rede foi fundada em 2003 em Portugal e está no Brasil há pouco mais de três anos. Atualmente, a marca tem 52 unidades no país, sendo cinco no Nordeste.

A rede pretende abrir mais dez unidades na região até o final do ano, com atenção especial para os estados de Bahia, Pernambuco e Ceará. O faturamento médio de uma unidade é de 40 mil reais, e a lucratividade fica entre 25% e 30%.

Investimento inicial: De 120 mil reais a 190 mil reais
Prazo de retorno: De 8 a 18 meses

10 – Mestre-Cervejeiro.com – 123 mil reais

A Mestre-Cervejeiro.com é uma rede de franquias que vende cervejas artesanais. A rede está no mercado desde 2004 e tem 42 lojas funcionando, sendo seis no Nordeste.

Segundo a marca, suas unidades nordestinas têm tido um bom desempenho e a demanda por cervejas artesanais na região está aumentando. Sendo assim, a marca tem interesse em abrir unidades em estados onde ainda não estão presentes, como Ceará e Alagoas.

O faturamento médio de uma unidade é de 40 mil a 50 mil reais por mês, e a lucratividade fica em 15%.

Investimento inicial: De 123 mil reais (quiosque) a 160 mil reais (loja de rua)
Prazo de retorno: De 24 a 28 meses

11 – Hope – 180 mil reais

A Hope é uma rede de franquias que vende lingeries. A marca brasileira está no mercado desde 1966 e abriu sua primeira franquia em 2005. Hoje, tem 161 lojas espalhadas pelo país.

Hoje, a Hope tem 20 lojas no Nordeste e pretende abrir mais dez lojas até o fim do ano. Segundo a marca, a região é um mercado promissor para que ela consiga conquistar mais capilaridade.

O faturamento médio mensal de uma unidade vai de 60 mil reais a 110 mil reais, dependendo do modelo de negócio. A lucratividade é de 15%.

Investimento inicial: De 180 mil reais a 280 mil reais, dependendo do modelo escolhido
Prazo de retorno: De 24 a 36 meses

12 – Mr. Cheney – 200 mil reais

A rede Mr. Cheney é especializada em vender cookies americanos. A rede está no mercado desde 2005 e possui 56 unidades no país. No Nordeste há uma loja em São Luís do Maranhão que, segundo a marca, tem tido um crescimento acima da média, o que indica as boas oportunidades de negócios da região.

O plano da marca prevê mais 14 lojas no Nordeste do país. O faturamento médio mensal de uma loja da Mr. Cheney é de 45 mil reais, e a lucratividade fica entre 12% e 15%.

Investimento inicial: De 200 mil a 400 mil reais
Prazo de retorno: De 24 a 36 meses

13 – Cebrac – 225 mil reais

O Cebrac (Centro Brasileiro de Cursos) é uma franquia de cursos profissionalizantes em áreas como administração, saúde, comércio e idiomas. A rede está no mercado desde 1995 e tem mais de 150 unidades espalhadas pelo país, sendo 17 delas no Nordeste.

Segundo a marca, a aposta na expansão na região se dá pelos bons resultados das unidades que já estão instaladas por lá. A ideia é implantar mais 20 unidades no Nordeste nos próximos dois anos. O faturamento médio de uma unidade vai de 68 mil reais 250 mil reais, e a lucratividade é em média de 20% do faturamento bruto.

Investimento inicial: de 225 mil reais a 445 mil reais
Prazo de retorno: De 18 a 30 meses

14 – Terra Madre – 225 mil reais

A Terra Madre é uma loja de produtos orgânicos e saudáveis. A rede está no mercado desde 2014 e tem hoje sete unidades entre abertas e contratadas. Por enquanto, a marca não tem nenhuma loja no Nordeste, mas estuda abrir unidades em Fortaleza, Natal, Recife e São Luís.

Para a Terra Madre, a região Nordeste é muito rica em insumos orgânicos, mas ainda é carente em lojas do tipo. O faturamento médio mensal de uma unidade é de 100 mil reais e a lucratividade fica entre 10 mil e 15 mil reais.

Investimento inicial: De 225 mil a 275 mil reais
Prazo de retorno: De 24 a 36 meses

15 – Rei do Mate – 250 mil reais

O Rei do Mate é uma rede de franquias de cafeterias, que vende principalmente chá mate. A marca está no mercado desde 1978 e tem 334 unidades no país, sendo 27 no Nordeste.

Hoje a região é uma das principais para o Rei do Mate em investimento. Atualmente 8% das operações da rede estão na região; a expectativa é chegar a 15%.

O faturamento médio mensal de uma loja é de 75 mil reais, sendo que a lucratividade fica em 15% desse valor.

Investimento inicial: De 250 mil a 350 mil reais
Prazo de retorno: 36 meses

16 – Balonè – 300 mil reais

A Balonè é uma rede de franquias que vende bijuterias. A rede está no mercado desde 2007 e tem hoje 35 lojas em operação, sendo duas no Nordeste.

“Queremos levar nossas marcas para o Nordeste brasileiro, por ser uma região ainda pouco explorada e por apresentar um excelente potencial tanto de consumo quanto de visibilidade. Nosso foco no momento está nas capitais Salvador (BA) e Recife (CE)”, afirma Marcio Ucha, coordenador de Expansão do Grupo Ornatus.

O faturamento médio de uma unidade é de 60 mil reais e lucratividade vai de 10% a 20%.

Investimento inicial: 300 mil reais
Prazo de retorno: De 24 a 36 meses

17 – Bono Pneus – 400 mil reais

A Bono Pneus é uma rede de franquias que atua na venda de pneus. A marca está no mercado desde 1992 e entrou para o franchising em 2000. Hoje são 52 unidades espalhadas pelo país, sendo duas no Nordeste (em Teixeira de Freitas-BA e Natal-RN).

A região é atrativa para a marca devido ao seu potencial turístico, que aquece a venda e o aluguel de carros. O faturamento médio mensal de uma unidade é de 120 mil reais por mês, e a lucratividade fica entre 10% e 20%.

Investimento inicial: 400 mil reais (incluindo capital de giro)
Prazo de retorno: 48 meses

18 – Grilleto – 435 mil reais

A Griletto é uma rede de franquias especializada em grelhados. A rede está no mercado desde 2004 e hoje possui 150 unidades, sendo 13 no Nordeste.

Segundo a marca, a região tem um mercado menos saturado, o que aumenta seu potencial para os negócios. A expectativa é abrir 25 lojas ainda este ano, sendo 30% delas no Nordeste.

O faturamento médio mensal de uma unidade é de 130 mil reais, sendo que a lucratividade fica entre 12% e 15%.

Investimento inicial: 435 mil reais
Prazo de retorno: 36 meses

19 – Croasonho – 600 mil reais

A Croasonho é uma rede de franquias que vende croasonhos salgados e doces. A marca está no mercado desde 1997, e entrou para o franchising em 2009. Hoje são 72 unidades no país, sendo sete próprias.

A marca conta com dez unidades no Nordeste e afirma que seus produtos têm ótima aceitação na região. As duas maiores lojas da rede ficam na região: Salvador e João Pessoa. O projeto de expansão da marca na região prevê a abertura de mais 15 unidades nos próximos dois anos.

O faturamento médio mensal de uma loja é de 120 mil reais, e a lucratividade varia de 12% a 20% deste valor.

Investimento inicial: A partir de 600 mil reais
Prazo de retorno: De 24 a 36 meses

20 – Rede Hotel 10 – 600 mil reais

A Rede Hotel 10 é uma franquia de hotelaria econômica que está há 12 anos no mercado e tem hoje dez unidades em operação. Por enquanto, a marca não tem nenhuma sede no Nordeste do país, mas está em busca de interessados.

A rede acredita no potencial de turismo de lazer e de negócios da região. A intenção é abrir cinco franquias na região nos próximos cinco anos. O faturamento médio de uma unidade é de 250 mil reais por mês, e a lucratividade fica entre 35% e 40%.

Investimento inicial: 600 mil reais (fora o terreno do hotel)
Prazo de retorno: 5 anos

Fonte: Exame
Tags: Franquias, Franchising, Empreendedorismo, Nordeste, Oportunidades de negócios
São Paulo - A Casas 17/09/2014 - Saiba quem são as 13 redes de moda que mais vendem no Brasil
São Paulo – Nos últi22/07/2014 - 20 franquias que buscam empreendedores no interior de SP
São Paulo - Ter uma 11/05/2015 - 30 opções de franquias para trabalhar de casa
São Paulo – Muitos e04/08/2014 - 20 opções de franquias para abrir em casa
São Paulo - Muitos e06/07/2015 - 20 franquias para quem pode investir até 20 mil reais
Os shoppings da Gran05/12/2014 - SP: Shoppings têm horário especial em dezembro para compras de Natal
Texto da Busca:
Data Inicial:
Data Final:
                   
indústria supermercados comércio eletrônico vendas e-commerce faturamento shoppings economia veículos natal ipi crédito são paulo franquias inadimplência ecommerce comércio varejo consumo preços

Notícias | Artigos | Motivação | Cases | Feiras | Links | Newsletter | Cadastre-se | Calendário do Varejo | Twitter | RSS | Fale Conosco
© 2017 Copyright Varejista.com.br. Todos os direitos reservados. - Site: SGP Infront