Terça-feira, 10 de Maio de 2016
Vendas no varejo do Paraná caem 8,68% no primeiro tri aponta Fecomércio Vendas no varejo do Paraná caem 8,68% no primeiro tri aponta Fecomércio
O varejo paranaense fechou em queda de 8,68% no primeiro trimestre do ano de acordo com a Pesquisa Conjuntural da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio PR).

Entre os doze setores analisados, somente os supermercados obtiveram faturamento positivo no acumulado do ano, com alta de 4,12%. O segmento também mostrou crescimento de 8,64% na comparação com março do ano passado e de 9,82% em relação a fevereiro. Os bons resultados foram motivados pela Páscoa, com a venda de ovos de chocolate e ingredientes para o almoço da celebração.

Na comparação com o mesmo mês do ano passado, o comércio apresentou retração de 9,04%. Porém, ante fevereiro, que foi um mês fraco de vendas, houve melhora de 9,31%, principalmente para setores que estão sofrendo há muito tempo com a queda no consumo, tais como as concessionárias de veículos (18,37%), autopeças (13,57%) e lojas de departamentos (9,04%). As lojas de calçados e vestuário e tecidos também tiveram recuperação, com aumento de 11,07% e 10,41%, respectivamente.

No acumulado de janeiro a março, o varejo já reduziu o quadro de funcionários em 6,69%. Com vendas menores, as comissões também encolheram, o que fez a folha de pagamento baixar 5,55% no trimestre.

Dados regionais

A região Oeste foi a única a ampliar as vendas no primeiro trimestre, com elevação de 1,04%. As demais tiveram redução, sendo que o pior desempenho foi verificado na Capital (-13,05%), seguida pelo Litoral (-12,42%), Sudoeste (-9,84%), Londrina (-9,08%), Ponta Grossa (-2,02%) e Maringá (-1,98%).

Na comparação com março de 2015, Ponta Grossa mostrou crescimento de 2,35%. As demais regiões ficaram no vermelho e novamente Curitiba e Região Metropolitana apresentaram a queda mais expressiva, com baixa de 15,73%. Na sequência ficaram o Sudoeste (-12,62%), Litoral (-9,53%), Região Oeste (-4,08%), Londrina (-3,67%) e Maringá (-0,31%).

Já na variação mensal, o comércio de todo o Estado recebeu um estímulo nas vendas ante fevereiro. O Litoral teve aumento de 15,62%; o Sudoeste de 14,83%; Curitiba e Região Metropolitana, 11,17%; Londrina, 9,77%; Maringá, de 9,47%; Ponta Grossa, 6,9%, e a Região Oeste, com 2,8%.
Fonte: Agência IN
Tags: Vendas, Varejo, Paraná, Fecomércio
São Paulo - A Casas 17/09/2014 - Saiba quem são as 13 redes de moda que mais vendem no Brasil
São Paulo – Nos últi22/07/2014 - 20 franquias que buscam empreendedores no interior de SP
São Paulo - Ter uma 11/05/2015 - 30 opções de franquias para trabalhar de casa
São Paulo – Muitos e04/08/2014 - 20 opções de franquias para abrir em casa
São Paulo - Muitos e06/07/2015 - 20 franquias para quem pode investir até 20 mil reais
Os shoppings da Gran05/12/2014 - SP: Shoppings têm horário especial em dezembro para compras de Natal
Texto da Busca:
Data Inicial:
Data Final:
                   
inadimplência veículos são paulo franquias supermercados shoppings ecommerce comércio eletrônico economia e-commerce comércio faturamento preços vendas varejo ipi consumo indústria crédito natal

Notícias | Artigos | Motivação | Cases | Feiras | Links | Newsletter | Cadastre-se | Calendário do Varejo | Twitter | RSS | Fale Conosco
© 2017 Copyright Varejista.com.br. Todos os direitos reservados. - Site: SGP Infront