Quarta-feira, 27 de Abril de 2016
Shoppings reduzem valor mínimo para promoções no Dia das Mães Shoppings reduzem valor mínimo para promoções no Dia das Mães
Com a aproximação do Dia das Mães, que neste ano será comemorado em 8 de maio, os centros de compras do Grande ABC já se preparam para receber os consumidores com campanhas e promoções para estimular as vendas.

Tendo em vista que esta é a segunda data mais importante para os comerciantes, perdendo apenas para o Natal, e que o atual cenário econômico é crítico, os valores mínimos para participar de promoções estão menores que os de 2015. No ano passado, para concorrer a sorteio ou ganhar algum brinde o consumidor precisava gastar no mínimo R$ 300. Agora, em alguns estabelecimentos o mínimo são R$ 200.

“Está todo mundo com o bolso apertado. É natural que o receio e as inseguranças política e econômica deixem os consumidores com menos disposição para gastos, o que faz com que os centros de compras se ajustem à situação”, avalia o presidente da Acisbec (Associação Comercial e Industrial de São Bernardo), Valter Moura.

A fim de atrair o consumidor ao shopping, os complexos também apostam cada vez mais nos brindes, além dos tradicionais sorteios, que vêm se diversificando e não se atendo apenas a veículos de luxo, além de oferecer mais de uma opção. “Estamos investindo em ações e promoções, como essas de comprou, ganhou, que funcionam bastante e motivam os consumidores a escolherem o shopping”, afirma Carlos Galvão, superintendente do Golden Square Shopping, de São Bernardo.

Este é, também, o complexo que exige um dos maiores valores. Na contrapartida, entrega um par de sandálias Havaianas para o cliente que gastar R$ 400 nas lojas, e ainda oferece a chance de concorrer a viagem de sete dias com a mãe e mais três acompanhantes para Punta Cana (República Dominicana), com tudo pago. “Como nossa campanha vai abranger também o Dia dos Namorados, em junho, o prazo maior da promoção leva o cliente a gastar mais vezes no centro de compras, o que dá mais chances de participar, por isso pedimos valor mínimo maior do que os outros”, explica Galvão.

No Shopping Praça da Moça, em Diadema, com R$ 200 se leva para casa pulseira banhada em prata, do estilo “vida”. E a cada R$ 100 em notas fiscais adicionais é possível trocar por um berloque, espécie de pingente personalizado.

No Atrium Shopping, em Santo André, também com R$ 200 em compras o consumidor recebe nécessaire da personagem Alice, do filme Alice através do Espelho, da Disney. Já o Mauá Plaza Shopping vai dar ao cliente que gastar R$ 250 a opção de escolher entre um ingresso para o show do Lulu Santos ou do Gustavo Lima.

O ParkShopping São Caetano oferece a cada R$ 300 consumidos no local cupom para concorrer a 30 vales-presentes no valor de R$ 10 mil cada e dois automóveis IX35, da Hyundai. O Grand Plaza Shopping, em Santo André, também irá sortear um carro. A cada R$ 350 em compras ganha-se cupom para o sorteio de um Audi A3 Sedan.

Os complexos São Bernardo Plaza Shopping e Shopping ABC, em Santo André, estão com parceria com a joalheria Vivara, que sorteará conjuntos com pulseiras, pingentes e colar para os compradores. Em São Bernardo, serão 37 kits e poderá participar quem gastar R$ 250. Enquanto no centro de compras de Santo André haverá 160 kits sorteados entre clientes que gastarem a partir de R$ 450 no estabelecimento.

Os brindes e sorteios já estão valendo na maioria dos nove shoppings da região, com exceção do Golden Square, que irá começar a partir de amanhã, dia 27, do ParkShopping São Caetano, que inicia na quinta-feira, dia 28, e do Shopping ABC e do São Bernardo Shopping, que só valerá de sexta, dia 29, em diante.

ASSOCIAÇÕES - As associações comerciais da região também estão se mobilizando com ações para a data, porém, apenas da ACE (Associação Comercial e Empresarial de Diadema) terá promoção. A campanha que vai sortear mais de 60 prêmios no dia 11. Os consumidores receberão cupons para concorrer a jóias e tratamentos de beleza, os vendedores assinalados nos cupons sorteados vão ganhar aulas de dança e, o comerciante que estiver no cupom do primeiro prêmio, vai ganhar treinamento empresarial. O valor mínimo não foi informado.

A Acisa (Associação Comercial e Industrial de Santo André), por exemplo, vai cadastrar o comerciante interessado e, a partir da sua adesão, disponibilizará gratuitamente materiais de divulgação para o Dia das Mães, explica o presidente Evenson Dotto. “Durante a ação, o comerciante terá a liberdade de oferecer qualquer tipo de desconto ou promoção para os seus clientes, gerando vendas e efetivando sua fidelização”, diz.

A Aciscs (Associação Comercial e Industrial de São Caetano) irá promover anúncios divulgando a ação que se baseia em concurso para encontrar a mãe mais idosa da cidade, cuja vencedora terá direito a almoço em família no restaurante Vivano Grill. A entidade também distribuirá botões de rosas para que os comerciantes entreguem aos clientes. Na Acisbec não haverá campanha.


Expectativa é vender até 30% mais

Associações comerciais e shoppings estão apostando nas campanhas para atrair o consumidor e aumentar as vendas na segunda data mais importante para o comércio. Apesar de reconhecer a situação atual nada favorável para o consumo, os centros de compras preveem alta de até 30% comparado ao ano passado. “Acompanhando o ritmo de crescimento do primeiro trimestre e a chegada de novas lojas no empreendimento, nossa perspectiva de crescimento é de 30% nas vendas e 70% no fluxo de pessoas”, analisa a gerente geral do Atrium Shopping, Vanessa Nery.

Para o superintendente do Golden Square Shopping, Carlos Galvão, as vendas devem subir 9% e, o fluxo, 12%. Ele destaca que o estacionamento gratuito de segunda a sexta-feira no horário do almoço é atrativo que colabora para essa alta.

“A nossa expectativa é de crescimento de 6% nas vendas e de 5% no fluxo, levando-se em consideração o apelo natural da data”, destaca o gerente de marketing do Shopping Praça da Moça, Danilo Senturelle.

Já para as associações, a expectativa é um pouco mais realista, avalia Valter Moura, presidente da Acisbec. Para ele, a tendência é vender volume semelhante ao da data em 2015. “Se houver acréscimo será de, no máximo, 2%, em razão da crise econômica.” A opinião é partilhada por Evenson Dotto, presidente da Acisa.

Na Aciscs a perspectiva também não é de aumento. “Se empatar com o ano passado já está ótimo. O momento é bastante delicado. Temos visto as datas comemorativas anteriores só regredindo, mas isso não é culpa do comércio ou comerciante, e o que se pode fazer é apostar nas ações para conseguir retorno”, comenta o presidente da entidade, Walter Estevan Júnior.

Apenas a ACE espera retração de 10% ante 2015, devido ao cenário de desemprego.
Fonte: Diário do Grande ABC
Tags: Shoppings, Promoções, Dia das mães, Grande abc, Comércio
São Paulo - A Casas 17/09/2014 - Saiba quem são as 13 redes de moda que mais vendem no Brasil
São Paulo – Nos últi22/07/2014 - 20 franquias que buscam empreendedores no interior de SP
São Paulo - Ter uma 11/05/2015 - 30 opções de franquias para trabalhar de casa
São Paulo – Muitos e04/08/2014 - 20 opções de franquias para abrir em casa
São Paulo - Muitos e06/07/2015 - 20 franquias para quem pode investir até 20 mil reais
Os shoppings da Gran05/12/2014 - SP: Shoppings têm horário especial em dezembro para compras de Natal
Texto da Busca:
Data Inicial:
Data Final:
                   
preços ipi natal faturamento comércio eletrônico e-commerce comércio consumo indústria crédito varejo franquias veículos vendas são paulo shoppings supermercados inadimplência ecommerce economia

Notícias | Artigos | Motivação | Cases | Feiras | Links | Newsletter | Cadastre-se | Calendário do Varejo | Twitter | RSS | Fale Conosco
© 2017 Copyright Varejista.com.br. Todos os direitos reservados. - Site: SGP Infront