Quarta-feira, 17 de Fevereiro de 2016
Varejo catarinense tem a maior queda de vendas dos últimos 15 anos Varejo catarinense tem a maior queda de vendas dos últimos 15 anos
Por Estela Benetti

O volume de vendas do varejo restrito em Santa Catarina teve retração acumulada de 3,1% em 2015 na comparação com o ano anterior. Foi a maior queda dos últimos 15 anos, desde o início da série histórica do IBGE em 2001. Quando se considera o varejo ampliado, que inclui veículos e materiais de construção, a retração no Estado alcançou 10,1% ano passado, maior do que a média nacional que recuou 8,6%.

No caso do varejo restrito, a queda média no país foi maior, de 4,3%. Chama a atenção nos números catarinenses o recuo de 4,7% nas vendas de supermercados em 2015, o que confirma que a crise está restringindo até o consumo de alimentos que, segundo os economistas, normalmente não registra variação, ou seja, tem a chamada demanda inelástica. O Natal do ano passado também foi o pior da série para SC. Dezembro teve recuo de 10,6% frente ao mesmo mês de 2014.

Na avaliação do presidente da Federação do Comércio do Estado (Fecomércio-SC), Bruno Breithaupt, esses números eram esperados e são muito preocupantes diante da falta de medidas por parte do governo federal para viabilizar a retomada do crescimento econômico. Para o empresário, as principais causas dessa retração profunda são a falta de crédito, juros altíssimos e inflação ascendente.

— Sem as reformas e mais cortes de gastos por parte da União, o quadro tende a ficar pior. E a presidente Dilma insiste na defesa da volta da CPMF, mas ninguém defende com ênfase a reforma da Previdência e outras reformas que necessitamos, como a tributária e trabalhista. Nossa CLT é de 1940 — critica Breithaupt, ao afirmar que os lojistas estão preocupados porque não se vê luz para reverter esse quadro.

Entre os números preocupantes da pesquisa do IBGE, que é a mais consistente do varejo, está a queda maior de vendas, tanto no Estado quanto no país, nos últimos meses. Em SC, em outubro, recuaram 7,5% frente o mesmo mês de 2014; em novembro, 11,3%, e em dezembro,10,6%. O único segmento que fechou em alta, ano passado, foi o de medicamentos: as vendas cresceram 4,9% em SC e 3% no país, bem abaixo de anos anteriores.
Fonte: DC - http://dc.clicrbs.com.br/
Tags: Varejo, Comércio, Economia, Santa catarina, Vendas
São Paulo - A Casas 17/09/2014 - Saiba quem são as 13 redes de moda que mais vendem no Brasil
São Paulo – Nos últi22/07/2014 - 20 franquias que buscam empreendedores no interior de SP
São Paulo - Ter uma 11/05/2015 - 30 opções de franquias para trabalhar de casa
São Paulo – Muitos e04/08/2014 - 20 opções de franquias para abrir em casa
São Paulo - Muitos e06/07/2015 - 20 franquias para quem pode investir até 20 mil reais
Os shoppings da Gran05/12/2014 - SP: Shoppings têm horário especial em dezembro para compras de Natal
Texto da Busca:
Data Inicial:
Data Final:
                   
e-commerce supermercados comércio eletrônico vendas natal varejo shoppings são paulo preços ipi veículos franquias comércio economia indústria crédito consumo ecommerce faturamento inadimplência

Notícias | Artigos | Motivação | Cases | Feiras | Links | Newsletter | Cadastre-se | Calendário do Varejo | Twitter | RSS | Fale Conosco
© 2017 Copyright Varejista.com.br. Todos os direitos reservados. - Site: SGP Infront