Quinta-feira, 17 de Dezembro de 2015
71% brasileiros prioriza a quitação de dívidas e economia neste fim de ano 71% brasileiros prioriza a quitação de dívidas e economia neste fim de ano
Compras realizadas na última hora e gastos ainda menores: assim será o Natal deste ano

O brasileiro, em 2015, além de deixar as compras de final de ano para serem feitas às vésperas do Natal, gastará menos em relação ao ano passado, primariamente com o objetivo de quitar dívidas e economizar, aponta a enquete “Percepções do consumidor para este fim de ano”, realizada pela Deloitte entre os dias 7 e 8 de dezembro, com 1.000 participantes das classes A/B (39%), C (43%) e D/E (18%).

Economizar e quitar dívidas, agora, é prioridade para 71% dos entrevistados;
As compras de Natal ainda não foram realizadas por 69% dos consumidores – 53% ainda devem realizar e 16% não farão compras.

De acordo com os resultados da enquete, 68% dos entrevistados pretendem gastar menos no fim do ano, refletindo os dados do estudo anterior “Pesquisa Natal 2015 – Revelação sobre o Hábito de Consumo dos Brasileiros”, também da Deloitte, ocorrido em outubro de 2015, no qual 63% pretendiam reduzir gastos com presentes. “Nota-se que consumidores de todas as classes sociais avaliadas querem reduzir os gastos e estão mais preocupados em economizar e quitar dívidas, o que foi apontado por 71% dos participantes”, afirma Reynaldo Saad, sócio-líder da Deloitte para o atendimento às empresas do setor de Bens de Consumo e Varejo. “Há, porém, uma diferença em relação às prioridades de cada classe. Enquanto a classe A/B aponta a necessidade de economizar, com 48% dos entrevistados, as classes C e D/E priorizam quitar dívidas como o principal objetivo – respectivamente, com 48% e 44%”, complementa Saad.

No levantamento, 69% dos entrevistados afirmam que ainda não realizaram suas compras de Natal – 53% ainda pretendem comprar nos próximos dias e durante as promoções de janeiro, enquanto 16% não farão compras. “Em nossa pesquisa elaborada em outubro, identificamos que mais de dois terços dos entrevistados afirmaram que realizariam suas compras até a primeira semana de dezembro e que aproveitariam as promoções da Black Friday. Agora, com a enquete, seguindo a cultura do brasileiro, registramos que os consumidores acabarão mesmo deixando as compras de Natal para a última hora”, diz Saad.

Para quase metade dos entrevistados (46%), a situação financeira da família estará pior do que no período anterior em relação aos gastos de começo de ano (matrículas escolares, impostos, gastos com Natal e etc.)

Essa condição é compartilhada por todas as classes sociais analisadas, que sentem uma piora no cenário na seguinte ordem: 44% dos entrevistados das classes A/B, 45% da C e 52% da D/E. “O levantamento mostra claramente que todas as classes compartilham o mesmo sentimento de retração em relação ao orçamento doméstico, em especial as classes A/B e C”, conclui Saad. A faixa etária entre 30 e 60 anos é a mais afetada, com 49% destacando que a situação estará pior, principalmente, por sua maioria incluir chefes de família, que normalmente arcam com a maior parte desses gastos de início de ano.

O Black Friday na vida dos brasileiros

Além de uma análise dos gastos de Natal, o levantamento obteve também uma visão do consumidor sobre a última edição do Black Friday brasileiro. O mês de novembro foi aproveitado por 22% dos entrevistados para fazer compras – e 15% compraram especificamente durante a Black Friday. Eles ainda destacam que o canal de compras mais utilizado durante esse período de promoções foi a internet, de acordo com 68% dos entrevistados, e que destes 73% se sentiram satisfeitos com os descontos. Além disto, para 84% desses consumidores, o varejo brasileiro se organizou melhor (46%) ou igual (38%) ao passado para as promoções da Black Friday.

FONTE: Centro de Comunicação
Fonte: Floripa News
Tags: Dívidas, Economia, Fim de ano, Vendas, Natal, Compras
São Paulo - A Casas 17/09/2014 - Saiba quem são as 13 redes de moda que mais vendem no Brasil
São Paulo – Nos últi22/07/2014 - 20 franquias que buscam empreendedores no interior de SP
São Paulo - Ter uma 11/05/2015 - 30 opções de franquias para trabalhar de casa
São Paulo – Muitos e04/08/2014 - 20 opções de franquias para abrir em casa
São Paulo - Muitos e06/07/2015 - 20 franquias para quem pode investir até 20 mil reais
Os shoppings da Gran05/12/2014 - SP: Shoppings têm horário especial em dezembro para compras de Natal
Texto da Busca:
Data Inicial:
Data Final:
                   
comércio eletrônico indústria varejo supermercados vendas economia faturamento natal comércio shoppings inadimplência franquias são paulo consumo crédito ipi e-commerce preços ecommerce veículos

Notícias | Artigos | Motivação | Cases | Feiras | Links | Newsletter | Cadastre-se | Calendário do Varejo | Twitter | RSS | Fale Conosco
© 2017 Copyright Varejista.com.br. Todos os direitos reservados. - Site: SGP Infront