Sexta-feira, 23 de Outubro de 2015
O WhatsApp está matando o e-commerce? O WhatsApp está matando o e-commerce?
Os grandes e-commerces do Brasil acreditavam numa verdade que não existe mais. A verdade é que valia a pena investir muito e ter uma base grande de clientes e que com isso ele passaria a ter um valor de mercado gigante, fazendo investidores e e-commerces maiores terem muito interessante em comprar esta base de dados.

O problema é que com o crescimento do WhatsApp o valor do e-mail pessoal está cada vez menor: as pessoas estão usando muito pouco seus próprios e-mails. Em muitos casos, as pessoas agora usam o e-mail meramente para o cadastro, raramente entrando novamente. E o pior: quando entram percebem que sua caixa de entrada está cheia de informativos comerciais e poucos e-mails de amigos, pois estas mensagens foram transferidas para o WhatsApp.

Não tem praticamente nenhum dos grandes e-commerces do Brasil que dão realmente lucro. O custo de marketing em muitos casos é maior até que o faturamento e para piorar o valor deste cliente está ficando cada vez menor, pois está cada vez mais complicado monetizar este cliente pelo modo mais barato que seria o e-mail, além de serem cada vez menos fiéis a marca.

Se os e-commerces não perceberem que as estratégias para qual se planejaram e os investidores colocaram dinheiro (e muito dinheiro) não funcionam na nova realidade, vamos ter uma nova bolha. Para mim ela está bem mais perto que todos imaginam.

Felipe Wasserman é CEO da PetiteBox, o maior clube de assinatura para bebês e mães no Brasil, além de ser parceiro/co-fundador de startups, incluindo Babuxca e Esthetic Green.
Fonte: StartSe InfoMoney - startse.infomoney.com.br
Tags: Whatsapp, Aplicativo, Ecommerce
São Paulo - A Casas 17/09/2014 - Saiba quem são as 13 redes de moda que mais vendem no Brasil
São Paulo – Nos últi22/07/2014 - 20 franquias que buscam empreendedores no interior de SP
São Paulo - Ter uma 11/05/2015 - 30 opções de franquias para trabalhar de casa
São Paulo – Muitos e04/08/2014 - 20 opções de franquias para abrir em casa
São Paulo - Muitos e06/07/2015 - 20 franquias para quem pode investir até 20 mil reais
Os shoppings da Gran05/12/2014 - SP: Shoppings têm horário especial em dezembro para compras de Natal
Texto da Busca:
Data Inicial:
Data Final:
                   
indústria vendas ecommerce varejo comércio consumo ipi shoppings e-commerce franquias faturamento crédito natal comércio eletrônico inadimplência veículos economia preços são paulo supermercados

Notícias | Artigos | Motivação | Cases | Feiras | Links | Newsletter | Cadastre-se | Calendário do Varejo | Twitter | RSS | Fale Conosco
© 2017 Copyright Varejista.com.br. Todos os direitos reservados. - Site: SGP Infront