Quinta-feira, 24 de Setembro de 2015
Franqueador: para chegar a 100 franquias, cuide bem de suas 10 primeiras Franqueador: para chegar a 100 franquias, cuide bem de suas 10 primeiras
Quando um empreendedor do mercado de varejo e serviços decide ou aspira formatar uma rede de franquias, sua imaginação não poupa números grandes. Sempre se pensa em redes de franchising com 50, 100, 200 e até 1000 unidades franqueadas.

Essa ambição não está errada, aliás, é embasada por inúmeros casos de sucesso de franqueadores que conseguiram prosperar com a expansão de suas operações com a seleção de dezenas de franqueados em várias cidades do Brasil.

Uma das estratégias mais simples e objetivas para fazer com que uma rede de franquias se expanda rapidamente é fazer com que aumente o número de candidatos a franqueado disponíveis.

A primeira alavanca é a do investimento necessário para se abrir uma unidade. É muito comum potenciais investidores buscarem informações como: "franquias baratas", "15 franquias com baixo investimento", "franquias com investimento abaixo de R$5.000,00". Esse tipo de manchete atrai, mas o risco de expandir uma rede com investimento muito enxuto é posteriormente não ter a possibilidade de sustentar a gestão da rede de franqueados.

A segunda alavanca é a do conhecimento específico. Quanto menos conhecimento específico for necessário para a abertura do negócio, mais candidatos potenciais poderão se interessar em operar o negócio. Visto que se sentirão seguros se tiverem os requisitos mínimos necessários.

Porém, existe uma coisa que nenhum candidato a franqueado gosta de ver: franqueados descontentes com seu franqueador! Se o candidato a franqueado, durante a sua pesquisa, descobre que os atuais franqueados estão descontentes porque o negócio não está atingindo os rendimentos esperados, ou não está recebendo o suporte adequado do franqueador, ele imediatamente se sentirá inseguro em investir nessa franquia.

Por outro lado, se esse mesmo candidato, durante entrevistas com atuais franqueados, receber elogios dos franqueados quanto à rentabilidade do negócio e quanto ao suporte do franqueador, sua confiança em comprar a franquia aumentará 100%.

Preste atenção nesta afirmação: os seus primeiros 10 franqueados serão os seus melhores vendedores de franquias! Por quê? Porque o depoimento deles é a "confirmação da promessa" de que todos os acordos que você está ofertando estão sendo cumpridos e que o negócio é "bom pra ganhar dinheiro" como popularmente dizem! Por esse motivo, sugiro ao franqueador de qualquer rede de franquias que cuide muito bem dos seus 10, 20, 30 primeiros franqueados.
Isso quer dizer que não se deve cuidar dos demais? De maneira alguma. Mas cuidar dos primeiros é fundamental!

Leandro Krug Batista é professor da Pós-Graduação da Universidade Positivo, consultor de Franchising e Gestão de Redes de Varejo, além de Mestre em Gestão Estratégica.
Fonte: Bem Paraná
Tags: Franquias, Franchising, Empreendedorismo, Varejo
São Paulo - A Casas 17/09/2014 - Saiba quem são as 13 redes de moda que mais vendem no Brasil
São Paulo – Nos últi22/07/2014 - 20 franquias que buscam empreendedores no interior de SP
São Paulo - Ter uma 11/05/2015 - 30 opções de franquias para trabalhar de casa
São Paulo – Muitos e04/08/2014 - 20 opções de franquias para abrir em casa
São Paulo - Muitos e06/07/2015 - 20 franquias para quem pode investir até 20 mil reais
Os shoppings da Gran05/12/2014 - SP: Shoppings têm horário especial em dezembro para compras de Natal
Texto da Busca:
Data Inicial:
Data Final:
                   
veículos supermercados vendas natal preços faturamento e-commerce crédito shoppings franquias ecommerce indústria são paulo inadimplência comércio economia varejo consumo ipi comércio eletrônico

Notícias | Artigos | Motivação | Cases | Feiras | Links | Newsletter | Cadastre-se | Calendário do Varejo | Twitter | RSS | Fale Conosco
© 2017 Copyright Varejista.com.br. Todos os direitos reservados. - Site: SGP Infront