Terça-feira, 15 de Setembro de 2015
MG: Varejo já monta as estratégias de vendas para o Natal MG: Varejo já monta as estratégias de vendas para o Natal
As grandes redes de supermercado pretendem começar a faturar com o Natal e, para isso, estão investindo em produtos de marca própria, com preços atrativos, e a estratégia já começou a dar resultado. “Os panetones de marca própria chegaram há duas semanas e já vendemos mais de dois terços nesse período. O panetone de gotas de chocolate já acabou”, afirmou nesta segunda Antônio Batista, gerente de perecíveis do Walmart em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte.

A rede declarou, via nota oficial que “neste ano, são os itens de menor desembolso, até R$ 8, que devem alavancar as vendas da categoria”.

Para a consumidora Élida Maria Saraiva, 58, assistente de serviços gerais, a estratégia é a ideal. “Prefiro os panetones de marca própria. O preço é bom e eles são mais fresquinhos”, afirma. Mesmo consumindo o produto em outros períodos do ano, Élida afirmou que não pretende adquirir outras marcas no fim do ano. “Não gosto de panetone de marca. Mesmo no Natal, vou continuar comprando o do supermercado”, relatou.

O Carrefour também está investindo nesse filão. As lojas de Minas Gerais da rede receberam na semana passada as unidades do panetone de marca própria no mesmo padrão oferecido pelo concorrente: versões de fruta cristalizada e de gotas de chocolate e com 500 gramas, informou a empresa via nota. O preço também é o diferencial. A rede está oferecendo a unidade do produto a R$ 6,49. A empresa ainda informou que nesta quarta, em todas as lojas, o produto será vendido, na promoção, R$ 4,98.

“Para o Estado (de Minas Gerais), é esperada a produção de mais de 300 mil unidades”, informou o Carrefour via nota oficial.

Expectativa. Para o gerente Antônio Batista, as vendas iniciais mostram que a tendência é que os produtos sazonais (ligados a datas comemorativas como o Natal) não vão sofrer tanto com a crise econômica do país. “A minha expectativa para esses produtos é boa, eles chegaram e vendemos quase tudo em pouco tempo”, disse.

O gerente espera um crescimento de cerca de 10% em relação ao ano passado. “Sempre tem crescimento. A gente oferece 10% a mais e a venda acontece”.

Dólar não deve impactar preço

Para o empresário Alexandre Maia, proprietário da loja de decoração Casa Maia, o dólar não vai fazer o preço dos produtos de decoração de Natal subir. “Compramos tudo em janeiro com o preço do dólar pré-fixado. Fizemos contratos com os bancos para isso”, afirma Maia.

Em função dessa negociação, o empresário diz que o aumento de preço, na comparação com o ano passado, “será muito pequeno, entre 3% e 4%”, afirma.

Maia se diz otimista com as vendas de fim de ano. “Mesmo com o pessimismo, tivemos um aumento de 10% nas vendas na seção de adornos na comparação com o ano passado. Então creio em crescimento para o Natal”, conta.

Nas lojas. Os produtos de Natal estarão disponíveis na lojas de decoração Casa Maia e Casa Futuro na próxima semana entre os dias 23 e 25 de setembro.

Para a gerente da Casa Futuro, Eliane Caldeira, a expectativa é de vendas maiores na comparação com o ano passado, mas “se conseguir cobrir 2014, já será bom”, conclui.
Fonte: O Tempo - www.otempo.com.br
Tags: Minas gerais, Belo horizonte, Varejo, Estratégias, Vendas, Natal, Supermercado, Walmart, Carrefour
São Paulo - A Casas 17/09/2014 - Saiba quem são as 13 redes de moda que mais vendem no Brasil
São Paulo – Nos últi22/07/2014 - 20 franquias que buscam empreendedores no interior de SP
São Paulo - Ter uma 11/05/2015 - 30 opções de franquias para trabalhar de casa
São Paulo – Muitos e04/08/2014 - 20 opções de franquias para abrir em casa
São Paulo - Muitos e06/07/2015 - 20 franquias para quem pode investir até 20 mil reais
Os shoppings da Gran05/12/2014 - SP: Shoppings têm horário especial em dezembro para compras de Natal
Texto da Busca:
Data Inicial:
Data Final:
                   
preços ecommerce vendas indústria shoppings comércio comércio eletrônico são paulo varejo ipi franquias crédito supermercados inadimplência economia faturamento e-commerce veículos natal consumo

Notícias | Artigos | Motivação | Cases | Feiras | Links | Newsletter | Cadastre-se | Calendário do Varejo | Twitter | RSS | Fale Conosco
© 2017 Copyright Varejista.com.br. Todos os direitos reservados. - Site: SGP Infront