Sexta-feira, 22 de Maio de 2015
Plataforma de moda quer conectar criadores e clientes Plataforma de moda quer conectar criadores e clientes
Lançada em fevereiro de 2015 na cidade de Curitiba, a Mutandis chegou com uma missão um tanto quanto ousada: mudar o panorama da moda no Brasil. A plataforma, focada no comércio eletrônico e em sistemas B2B, tem como objetivo ligar diretamente clientes e criadores do setor, além de conectá-los a setores de fabricação e distribuição. Tudo com o objetivo de fomentar o mercado nacional.

Para o idealizador da plataforma, Henrique Cabral, a iniciativa vem como uma forma de fomentar a indústria autoral e dar mais espaço para os criadores brasileiros, sejam eles focados em um nicho ou não. A ideia de transformar as coisas aparece já no nome, derivado da expressão em latim “mutatis mutandis”, que quer dizer “mudando o que tem de ser mudado”.

Mais do que isso, o objetivo aqui é privilegiar os talentos nacionais que, na visão da Mutandis, acabam soterrados em meio a produtos massificados e de pouca inovação, muitas vezes importados. “Pretendemos ampliar a exposição de talentos da moda de forma qualitativa, e não quantitativa. Em grande parte, a supervalorização do que vem de fora se dá pelo desconhecimento do que nós mesmos somos capazes de produzir”, conta Cabral.

A ideia é revolucionar, mas esse esforço vem baseado em números. De acordo com dados do E-bit, a categoria de moda representou 19% do volume total de pedidos realizados no comércio eletrônico brasileiro ao longo de todo o ano passado. Ao mesmo tempo, são 140 escolas de design e estilismo em todo o Brasil, com 1,2 mil profissionais formados todos os anos. Todos, potencialmente, dispostos a criar trabalhos próprios e autorais. Por outro lado, são poucos que efetivamente conseguem um espaço no mercado.

É justamente daí que vem o segundo pé do Mutandis. Além de apresentar um sistema no qual os criadores podem apresentar – e vender – seus produtos para o mundo, a plataforma também funciona como uma rede de contatos, capaz de colocar os envolvidos a um clique de distância da cadeia de produção, outro fator indispensável para que as peças autorais possam, efetivamente, chegar às mãos dos consumidores.

A partir disso, também, vem a presença ativa junto à comunidade da moda, que os responsáveis pelo Mutandis chamam de “legião de criadores e criativos”. Hoje, são cerca de 100 pré-cadastrados na plataforma, entre marcas já consolidadas e iniciantes de olho em uma oportunidade nesse mercado. Todos já podem criar seus perfis e produtos, e contam com um suporte para que tudo esteja funcionando bem em junho, quando deve ocorrer a abertura para o público.

Até lá, entretanto, é hora de trabalhar. Cabral e sua equipe têm participado ativamente de eventos não apenas para divulgar a plataforma, mas também para falar sobre negócios e conscientizar as pessoas sobre o valor do trabalho autoral. Ele comemora os resultados, que já estão transformando o sistema em referência no assunto. “Nós recebemos muitos elogios e mensagens que nos estimulam. A Mutandis representa uma mudança de paradigma na forma de trabalhar e vender moda, e uma oportunidade para muitos criadores”, diz.

Os cadastros estão abertos pelo site oficial, tanto para o público em geral, quanto para criadores, membros da indústria ou prestadores de serviço.

Matéria completa: http://canaltech.com.br/noticia/e-commerce/plataforma-de-moda-quer-conectar-criadores-e-clientes-41897/#ixzz3asMlRy26
Fonte: CanalTech
Tags: Plataforma, Moda, Criadores, Clientes, Conexão, Mutandis, Comércio eletrônico, Sistemas b2b
São Paulo - A Casas 17/09/2014 - Saiba quem são as 13 redes de moda que mais vendem no Brasil
São Paulo – Nos últi22/07/2014 - 20 franquias que buscam empreendedores no interior de SP
São Paulo - Ter uma 11/05/2015 - 30 opções de franquias para trabalhar de casa
São Paulo – Muitos e04/08/2014 - 20 opções de franquias para abrir em casa
São Paulo - Muitos e06/07/2015 - 20 franquias para quem pode investir até 20 mil reais
Os shoppings da Gran05/12/2014 - SP: Shoppings têm horário especial em dezembro para compras de Natal
Texto da Busca:
Data Inicial:
Data Final:
                   
faturamento vendas ecommerce economia ipi comércio natal franquias consumo crédito preços veículos comércio eletrônico shoppings indústria são paulo varejo e-commerce inadimplência supermercados

Notícias | Artigos | Motivação | Cases | Feiras | Links | Newsletter | Cadastre-se | Calendário do Varejo | Twitter | RSS | Fale Conosco
© 2017 Copyright Varejista.com.br. Todos os direitos reservados. - Site: SGP Infront