Terça-feira, 31 de Março de 2015
WHG Inspire: “O mercado brasileiro ainda não está maduro para franquias”, dizem hoteleiros WHG Inspire: “O mercado brasileiro ainda não está maduro para franquias”, dizem hoteleiros
Participando da Conferência Global do Wyndham Hotel Group, que acontece entre hoje (30) e quarta-feira, em Las Vegas, nos EUA, alguns operadores brasileiros e executivos do WHG afirmaram que o hoteleiro independente do Brasil ainda não está preparado para atuar de forma autônoma como franqueado de marcas nacionais e internacionais.

O WHG conta em seu portfólio com 7.650 hotéis, sendo que apenas 80 destes são operados pela companhia e dois são de sua propriedade. As demais unidades, ou seja, 7.570 são todas franquias das 16 marcas do grupo. “Nosso DNA é ser uma operadora de franquias, porém somos bastante flexíveis nos mercados onde atuamos. No Brasil, por exemplo, preferimos atuar junto com operadores locais como é o caso da Nobile e da Vert”, comentou para o Hôtelier News, Luis Mirabelli, vice-presidente de Desenvolvimento para a América Latina e Caribe.

Para Roberto Bertino, presidente do Nobile, grupo hoteleiro em quarta posição no mercado brasileiro, com quase 6 mil unidades habitacionais em operação e com mais de 2.600 em desenvolvimento, o mercado hoteleiro independente ainda não está preparado para atuar como franqueado. “O momento da hotelaria no Brasil ainda não está maduro para trabalhar com franquias. O hoteleiro precisa ainda de um direcionamento, de uma gestão intermediária, até poder estar qualificado a operar independentemente uma marca, seja ela nacional ou internacional”, esclarece o executivo.

A mesma opinião tem Erica Drummond, CEO da Vert Hotéis, rede que tem contrato de exclusividade com a Wyndham para desenvolver a marca Ramada no Brasil. “Nossa operação não vislumbra atuar com franquias, pois precisamos estar ainda presentes na operação para garantir o Roi (return of investment) para os investidores. Num futuro próximo o mercado brasileiro estará melhor preparado, mas este ainda não é o momento”, diz Erica.

A Wyndham está presente no País com seis das suas marcas: Days Inn, Howard Johnson, Microtel, Ramada, Super 8 e Tryp. A Vert inaugura nos próximos anos, cerca de 30 empreendimentos Ramada, e a Nobile, aproximadamente 12, já possuindo em seu portfólio, o Days Inn Taguatinga, no Distrito Federal.
Fonte: Hotelier News
Tags: Hotel, Hotelaria, Franquias
São Paulo - A Casas 17/09/2014 - Saiba quem são as 13 redes de moda que mais vendem no Brasil
São Paulo – Nos últi22/07/2014 - 20 franquias que buscam empreendedores no interior de SP
São Paulo - Ter uma 11/05/2015 - 30 opções de franquias para trabalhar de casa
São Paulo – Muitos e04/08/2014 - 20 opções de franquias para abrir em casa
São Paulo - Muitos e06/07/2015 - 20 franquias para quem pode investir até 20 mil reais
Os shoppings da Gran05/12/2014 - SP: Shoppings têm horário especial em dezembro para compras de Natal
Texto da Busca:
Data Inicial:
Data Final:
                   
são paulo natal ecommerce franquias varejo shoppings preços e-commerce vendas consumo ipi supermercados crédito veículos economia indústria comércio faturamento inadimplência comércio eletrônico

Notícias | Artigos | Motivação | Cases | Feiras | Links | Newsletter | Cadastre-se | Calendário do Varejo | Twitter | RSS | Fale Conosco
© 2017 Copyright Varejista.com.br. Todos os direitos reservados. - Site: SGP Infront