Sexta-feira, 06 de Março de 2015
Com alta nos custos, varejistas ameaçam frear investimentos Com alta nos custos, varejistas ameaçam frear investimentos
São Paulo (AE) - A redução na desoneração da folha de pagamento, anunciada na semana passada pelo governo e que faz parte do conjunto de medidas do ajuste fiscal, deve ter impacto sobre os custos e investimentos no varejo. Nesta sexta-feira, 6, a direção do Instituto para o Desenvolvimento do Varejo (IDV), que agrupa as grandes redes varejistas, se reúne, em São Paulo, com o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa.

“Nessa reunião que teremos amanhã (hoje), nossos companheiros vão dar depoimentos sobre reduções severas dos programas de investimentos”, adiantou, o vice-presidente do IDV e do Grupo Guararapes, Flávio Rocha. Segundo ele, informalmente, algumas redes já falam em frear o investimento.

Para o executivo, a nova metodologia de tributação é um “golpe muito maior” do que se possa imaginar. Na cadeia têxtil e de confecção, na qual a sua empresa está inserida, haverá um aumento “brutal” de custos. No Grupo Guararapes, o aumento da carga tributária por causa da redução da desoneração será de R$ 60 milhões nos próximos 12 meses. Diante das margens comprimidas, Rocha disse que esse aumento de custos será repassado para preços.

Controlador da rede de lojas Riachuelo, do shopping Midway Mall, de fábricas de confecção em Natal e Fortaleza e da Midway Financeira, o grupo potiguar Guararapes chegou ao final de 2014 com um total de 40.195 empregados no país, ante 40.351 em 2013. A redução no quadro ocorreu na área industrial do grupo.

O valor previsto em aumento da carga tributária na folha de pagamentos – R$ 60 milhões – é semelhante ao que pretende investir até 2016 no Rio Grande do Norte, em um novo centro de distribuição de mercadorias. A cifra faz parte de um plano maior de expansão do grupo no país. Só este ano, a pretensão é aplicar R$ 360 milhões na abertura de ao menos 40 novas lojas e mais R$ 140 milhões até o ano que vem em centros de distribuição. O montante inclui a unidade no RN e um novo centro que está construindo em Guarulhos (SP). Os planos foram anunciados no início desta semana. Na ocasião, Rocha afirmou que o ritmo de expansão seria mantido.

Empregos

“A redução da desoneração da folha era algo que a gente não esperava”, disse a presidente do IDV e do Magazine Luiza, Luiza Trajano. Ao contrário do que o ministro da Fazenda Joaquim Levy afirmou na sexta-feira, que a desoneração da folha não protegeu o emprego, Luiza ressaltou que a medida ajudou muito o varejo a gerar postos de trabalho. Hoje o comércio varejista é o maior empregador do País e responde por cerca de 7 milhões de empregos

Por enquanto, Luiza disse que o varejo não vai demitir e que o futuro depende de como as vendas se comportarem. Em janeiro, o mercado varejista foi muito fraco, mas em fevereiro houve uma melhora. “Se a venda não acontece, automaticamente você demite”, explicou.

Segundo Flávio Rocha, as empresas que serão mais afetadas são as pequenas varejistas. Ele teme que haja um retrocesso na formalização da economia, que avançou nos últimos anos.

Memória

São Paulo (AE) - Sob pressão para fechar as contas públicas no azul neste ano, o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, anunciou ontem um pacote de aumento de impostos e redução de benefícios a empresas. O governo mais do que dobrou as alíquotas cobradas das companhias que receberam o benefício da desoneração da folha de pagamentos. As empresas, que pagavam entre 1% e 2% sobre a receita bruta, passarão a pagar 2,5% a 4,5%, a partir de junho.
Fonte: Agência Estado
Tags: Custos, Varejistas, Investimentos, Idv, Varejo, Ajuste fiscal
São Paulo - A Casas 17/09/2014 - Saiba quem são as 13 redes de moda que mais vendem no Brasil
São Paulo – Nos últi22/07/2014 - 20 franquias que buscam empreendedores no interior de SP
São Paulo - Ter uma 11/05/2015 - 30 opções de franquias para trabalhar de casa
São Paulo – Muitos e04/08/2014 - 20 opções de franquias para abrir em casa
São Paulo - Muitos e06/07/2015 - 20 franquias para quem pode investir até 20 mil reais
Os shoppings da Gran05/12/2014 - SP: Shoppings têm horário especial em dezembro para compras de Natal
Texto da Busca:
Data Inicial:
Data Final:
                   
varejo natal crédito comércio ipi inadimplência indústria e-commerce supermercados franquias ecommerce são paulo consumo preços vendas faturamento economia veículos shoppings comércio eletrônico

Notícias | Artigos | Motivação | Cases | Feiras | Links | Newsletter | Cadastre-se | Calendário do Varejo | Twitter | RSS | Fale Conosco
© 2017 Copyright Varejista.com.br. Todos os direitos reservados. - Site: SGP Infront