Loja Viva - Pecados de Varejo Loja Viva - Pecados de Varejo
Por Edmour Saiani

Os sete novos pecados capitais – O mundo tem mudado? Tem, com certeza. Mas a humanidade ainda vive em torno de pecados e penitências. Todo mundo sabe que o caminho do céu tem a ver com não cometer pecados. A humanidade sabe disso há séculos. Mas o difícil é não cometê-los. Os sete pecados capitais mudaram. Numa matéria muito bacana do Jornal da Família, suplemento dominical do O Globo, aprendi que avareza virou consumismo, preguiça virou tara pelo trabalho, luxúria virou voyeurismo, ira virou deboche, orgulho virou autopromoção, gula virou alma anoréxica e inveja virou dissimulação.

Os pecados capitais do varejo e como lidar com eles –  O bom varejista comete ou não os pecados capitais dependendo de qual deles estivermos falando.

Consumismo – Varejista que é varejista só comete consumismo de idéias novas. Ficar antenado no que pode surgir de novidade é obrigação do varejista. Ouvir o seu pessoal, ouvir o seu Cliente, visitar lojas sem saber porque, tudo isto é consumismo de idéias. Use e abuse. Está perdoado.

Tara pelo trabalho – É muito impressionante a coincidência que existe entre negócios em que o dono está presente e negócios de sucesso. Pode ser tarado pelo trabalho sim. Só não fique trabalhando atrás de alguma mesa. Se aproxime dos seus funcionários e dos seus Clientes. De novo as idéias vão fluir. Mas mais do que isso, eles vão sentir que alguém muito importante – você – está olhando por eles. O efeito é de surpreender. Clientes voltam e funcionários ficam.

Voyeurismo – É vital que você esteja vendo o que está acontecendo no seu concorrente. Perder cada detalhe da evolução de quem compete com você pode ser a diferença entre um bom dia de vendas e um mau dia de vendas. Olho vivo!

Deboche – Esse pecado é proibido até hoje. Impossível menosprezar qualquer um que conviva conosco. Debochar não é nobre e não é inteligente. Debochar implica em que quem foi vítima do nosso deboche não está sendo respeitado nem analisado. A virada vem rapidamente.

Autopromoção – Nem sim nem não. Só se autopromova se o que você está prometendo ao seu Cliente for verdade. Não há autopromoção que resista a uma mentira. Mesmo daquelas que a gente considera mentira de vendas: - Nossa garantia é a melhor do mercado. Se o Cliente conhece os seus concorrentes e sabe que o que você está falando não é verdade, só vai sobrar muita vergonha, porque o Cliente vai questionar. Agora se você fez voyeurismo e está falando a verdade, vá fundo.

Alma anoréxica – Aí cuidado também conta muito. O regime de gastos inúteis que o Cliente ou os funcionários não vão perceber tem que ser total. Agora investir em coisas que podem ser percebidas pelo Cliente tem que ser encarado com carinho. Cada novidade em que você investe pode gerar resultados muito maiores que o investimento.

Dissimulação – Dizem que a inveja é a forma mais constrangida de admiração. Quando tiver que invejar admire e imite. Dissimular é fingir que alguém admirável não existe. E, de novo, a única coisa que não vale é fingir que alguém não existe. O Cliente visita quem você desprezar e ele atrai até seus funcionários.

Deus ajuda quem cedo madruga e não comete pecados que não pode cometer. Seja bom menino. Respeite o próximo, cuide de quem ajuda o seu sucesso. Semana que vem tem mais.

Edmour Saiani
Consultor e Sócio-Diretor da Ponto de Referência, consultoria especializada em varejo.
www.pontodereferencia.com.br
Tags: Vendas, Varejo, Varejista
Aguarde...
Popularidade: 5 (1 Votos)
28/04/2017 - Não dá mais para brincar de vendinha
03/04/2017 - 6 práticas que matam suas vendas
14/03/2017 - Quer vender mais? Conte uma boa história
10/03/2017 - 3 perguntas para identificar se o seu varejo é eficiente
28/03/2017 - Vendedor, o seu cliente é promotor, neutro ou detrator?
23/03/2017 - Dia do Consumidor – um dia que nunca termina
Texto da Busca:
Data Inicial:
Data Final:
                   
crise varejista ecommerce dicas treinamento varejo online sucesso comércio varejo vendas dicas de vendas atendimento atendimento ao cliente vendedores consumo negócios vendedor consumidor cliente marketing

Notícias | Artigos | Motivação | Cases | Feiras | Links | Newsletter | Cadastre-se | Calendário do Varejo | Twitter | RSS | Fale Conosco
© 2017 Copyright Varejista.com.br. Todos os direitos reservados. - Site: SGP Infront