Loja Viva - Construa o seu futuro - Parte 2 Loja Viva - Construa o seu futuro - Parte 2
Por Edmour Saiani

Futuro na vida e na empresa – Sua empresa imita ou inova?

Em qualquer dos casos, seja rápido. Se inovar, para reconhecer erros e corrigir. Se copiar, para copiar enquanto o conceito que você vende ainda estiver valendo dinheiro na cabeça do Cliente. Na coluna da semana passada, trabalhamos o conceito de como cada pessoa pode ser o criador do futuro da sua própria vida. Hoje vamos falar de como você pode extrapolar o que aprendeu para a sua própria vida para a sua empresa. Como era de se prever, o papo de hoje é para os menos razoáveis do Bernard Shaw. Para aqueles que têm a gana de reconstruir o mundo tentando fazer com que ele se torne alguma coisa mais próxima do que eles mesmos são.

Construir o futuro é coisa de gente meio maluca, de dupla personalidade. Gente que na hora de pensar no futuro fica meio fora da realidade e na hora de repensar a vida e o negócio. Com a cabeça e o coração completamente desapaixonados pelas coisas que deram certo, mas que podem não dar mais. Na hora de implementar são completamente obsessivas para que tudo aconteça e dê resultado. Caordem, como diria Dee Hock, o inventor do sistema Visa. Caos misturado com ordem. Tudo aplicado na hora certa.

Quem é e quem não é - Séculos atrás li: Os sete hábitos de pessoas muito eficazes (ainda se chamava eficientes) e não me lembro das coisas que li a não ser uma que a minha mulher Martha vive repetindo: há pessoas proativas e reativas. Então proativos, mãos à obra. O modelo de Peter Senge de aprendizado contínuo é um bom guia para a "jornada do futuro feito por mim".

Futuro do presente - A primeira parte de se reconstruir o futuro vem da análise do presente. O que me incomoda hoje que eu poderia e gostaria muito de mudar ou que oportunidades vejo que poderia aproveitar e não o faço. Quem trabalha com negócios como música, foto ou computadores vive tendo que se repensar porque o mercado vem mudando dinamicamente. O medo de não acompanhar o mercado já é um grande motivo para nos repensarmos. O problema está com empresas cujo mercado não muda fundamentalmente como o de alimentação. Aí você só tem uma energia para mudar: querer estar melhor a cada dia. Querer causar Uau’s a cada dia para seus Clientes. Se você não quiser, alguém vai querer e fazer e aí seu Cliente percebe e some da sua frente ou começa antes a dizer que a sua loja está cara. Depois some.

Imaginação – Para onde ir é uma questão simples de imaginação. Adicione ao seu presente as coisas boas que você imagina que pode conseguir. Se desafie. Walt Disney dizia que se você puder sonhar pode fazer. O “imageneering” virou a engenharia da imaginação que ele usou para construir o império que tanto sucesso faz até hoje. Passe a perguntar por que não ao invés de por que. A tudo e a todos. Encoraje seu pessoal a lhe dar idéias. Nem todas podem ser aproveitadas, mas todas vêm do fundo do coração de alguém e merecem atenção. Não se esqueça de consertar as coisas muito ruins do seu negócio hoje antes.

Medo ou tensão criativa – Dá medo pensar diferente. Medo é humano. Mas imobiliza e nos deixa fracos. Então, transforme-o em ação. Comece a trabalhar. Já.

Planejamento e integração – Não sei bem o que vem primeiro, se me integro para planejar ou se planejo para me integrar, mas é vital que assim que eu resolver mudar o meu negócio e, principalmente, assim que criar coragem, comece a falar com quem pode me ajudar. Se, nesta altura do campeonato, faltarem parceiros confiáveis a quem você possa confiar seu sonho, aí o problema está sério. Se houver um ou dois parceiros, compartilhe seus sonhos com eles e comece a pensar no passo a passo da sua realização.

Sonho virando realidade - Um após o outro, vá realizando-os.

Vão aparecer dificuldades, supere-as com muita luta e persistência. Construir o futuro não é tão fácil assim. E se transforme no pioneiro do mercado em que atua. O Cliente vai agradecer e pagar por isso. Ou vai preferir comprar no seu negócio que comprar naquelas lojas chatas que ficam imitando o que você faz. Experimente.

Edmour Saiani
Consultor e Sócio-Diretor da Ponto de Referência, consultoria especializada em varejo.
www.pontodereferencia.com.br
Tags: Marketing, Varejo, Varejista
Aguarde...
Popularidade: 5 (1 Votos)
13/12/2016 - Teoria das Cores é relevante no marketing das empresas
25/11/2016 - 4 atos que explicam como as vendas revolucionaram o Marketing
02/03/2017 - O poder secreto dos gatilhos mentais e do neuromarketing
03/11/2016 - O poder da criatividade no universo das franquias
22/11/2016 - Como deixar seu e-commerce mais atraente na Black Friday
16/02/2017 - Como utilizar a gamificação como estratégia para o e-commerce?
Texto da Busca:
Data Inicial:
Data Final:
                   
estratégias marketing negócios relacionamento marca varejo crise empreendedorismo ecommerce consumo comércio fidelização concorrência internet neuromarketing mobile marcas branding vendas varejista

Notícias | Artigos | Motivação | Cases | Feiras | Links | Newsletter | Cadastre-se | Calendário do Varejo | Twitter | RSS | Fale Conosco
© 2017 Copyright Varejista.com.br. Todos os direitos reservados. - Site: SGP Infront