• Setembro de 2017
Home / Artigos / Marketing

Varejo gaúcho espera recuperação de vendas com Dia dos Pais

As temperaturas mais baixas poderão ser um aliado importante do comércio gaúcho para potencializar as vendas no Dia dos Pais. A estimativa da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul - FCDL-RS é de crescimento nas vendas de aproximadamente 3,5% na comparação com o mesmo mês do ano passado. Em relação à média nacional o Rio Grande do Sul está mais otimista já que no Brasil, há estimativas que apontam um crescimento de 1%.

- O frio esperado não veio e as lojas acabaram ficando com estoques além das previsões, os quais tendem a ser alvo de liquidações centradas em agosto - explica o presidente da FCDL-RS, Vitor Augusto Koch.

O Rio Grande do Sul tem influência forte do setor agrícola com a boa safra. Após uma seca é normal esperar dois anos de expansão do consumo gaúcho em patamares superiores ao nacional.

Entre os itens mais procurados para presentear os pais estão livros (alta prevista de 9% na comparação com julho de 2013 e material de informática e escritório (previsão de alta entre 5% e 6,5% na comparação com julho de 2013).

Outros produtos com grande expectativa são setores de móveis e eletrodomésticos, para o qual se aguarda um aumento de 6% nas vendas comparadas com o mês de julho desse ano. Televisores e telefones devem puxar as vendas.