Você sabe delegar responsabilidade? Você sabe delegar responsabilidade?
Por Grupo Friedman

Você se esforça para que tudo corra bem na sua loja, mas não está feliz com sua equipe, tendo que estar por perto para tomar as decisões, gasta tempo demais com tarefas burocráticas, só você sabe as informações básicas para o funcionamento do negócio? Talvez esteja na hora de você delegar responsabilidades.

Abraçar todas as tarefas começa assim, você foi promovido e, ansioso para exercer bem o seu trabalho, arregaça as mangas e cuida de tudo pessoalmente. Afinal o bom andamento da loja é sua responsabilidade, mas calma, você tem uma equipe que deve dividir com você os "louros" da vitória ou as agruras da derrota.

Delegar responsabilidades passa pela necessidade de acreditar que sua equipe será capaz de exercer bem as funções a ela atribuídas e para isso sua equipe deve estar bem treinada. Quando sua equipe estiver atuando sem a sua assistência, você terá mais tempo livre e perceberá que pode fazer algo a mais para que a sua loja obtenha sucesso.

Toda vez que você responde a uma pergunta desnecessária, você está fazendo o trabalho de outra pessoa. Toda vez que realiza uma tarefa que eles deveriam ter feito, você os enfraquece sob o ponto de vista de responsabilidades.

Para cortar as amarras que o impedem de se tornar mais produtivo conte com estes recursos: pare de recompensar o mau desempenho, quando as atividades não forem bem desempenhadas, exponha seu descontentamento. Se você optar por não falar nada e fazer você mesmo a função, você estará recompensando o mau desempenho e gerará atos contínuos de ineficiência por parte da equipe que falhou.

Outro ponto a ser trabalhado é parar de ser a pessoa-resposta. Saber de todas as respostas é excelente , mas ter que responde-las todo o tempo é muito ruim. Esta definitivamente não é a melhor forma de se sentir útil. Se pergunte como a loja irá funcionar de forma plena se o gerente não estiver presente.

Fique de olho também nas relações de trabalho, é ótimo ter um ambiente de trabalho amigável e ameno, mas não se envolva com problemas pessoais de sua equipe, nem permita um excesso de camaradagem, que leve-os a tirar vantagem desta situação. Intimidade demais também vai atrapalhar no cumprimento das ordens dadas por você, funcionários podem achar que se não cumprirem as tarefas, você não vai ligar.

Enfim trace as metas fundamentais para o alcance do sucesso de sua loja sempre contando que cada funcionário vai fazer bem a sua parte neste processo.

Adaptado do PSL - Programa de Supervisão de Lojas - do Grupo Friedman
Tags: Gestão, Varejo, Varejista, Supervisão
Aguarde...
Popularidade: 4.7 (3 Votos)
17/01/2017 - A Era do Líder Coletivo
21/03/2017 - A que distância você está do líder que você gostaria de ser?
17/03/2017 - Conheça a trajetória de Elizangela Kioko, diretora geral da Drogaria Onofre
Texto da Busca:
Data Inicial:
Data Final:
                   
varejo atendimento ao cliente atendimento habilidades dicas crise econômica carreira treinamento gestão liderança planejamento varejista franquias sucesso negócios relacionamento supervisão vendas equipe empreendedorismo

Notícias | Artigos | Motivação | Cases | Feiras | Links | Newsletter | Cadastre-se | Calendário do Varejo | Twitter | RSS | Fale Conosco
© 2017 Copyright Varejista.com.br. Todos os direitos reservados. - Site: SGP Infront